Autor do terceiro gol do Santos, Ângelo se torna jogador mais jovem a marcar na Libertadores
Divulgação/Libertadores

Na noite dessa terça-feira (6), o Santos venceu o San Lorenzo por 3 a 1, no Estádio Nuevo Gasómetro, na Argentina, e encaminhou sua vaga na fase de grupos da Taça Libertadores da América. A partida ficou marcada pelo terceiro gol do Peixe, feito por Ângelo. O garoto de apenas 16 anos, 3 meses e 16 dias se tornou o jogador mais jovem a balançar as redes em uma partida de Libertadores.

O atacante, nascido em 21 de dezembro de 2004, superou a marca do argentino Juan Carlos Cárdenas, do Racing, que já durava há 59 anos. O atacante da Argentina marcou um gol contra o Nacional, do Uruguai, com 16 anos, sete meses e dois dias.

A noite do garoto com certeza ficará marcada por toda a sua carreira. Além de ter quebrado esse recorde, Ângelo marcou seu primeiro gol como profissional do Santos. O jogador subiu ao profissional da equipe em 2020 e já acumula 15 jogos com a equipe da Baixada Santista.

Garoto de recordes

Ângelo é uma das maiores promessas da equipe santista nos últimos anos e já vinha quebrando alguns recordes.

Em sua estreia como profissional, no ano de 2020, o garoto tinha apenas 15 anos, dez meses e quatro dias, superando a marca do Pelé, que estreou com 15 anos, dez meses e 15 dias. O garoto Ângelo, neste quesito, só ficou atrás de Coutinho, que estreou com a camisa alvinegra com 14 anos, 11 meses e seis dias.

Na primeira partida contra o Deportivo Lara, pela segunda fase da Libertadores desse ano, na Vila Belmiro, Ângelo se tornou o jogador mais jovem a jogar uma partida de Libertadores, com a camisa do Santos. O jogador superou a marca de Rodrygo que estreou na Libertadores de 2018, com 17 anos, um mês e 20 dias.

Também na vitória contra o Deportivo Lara, Kaiky havia se tornado o jogador mais jovem a marcar um gol em Libertadores com a camisa do Peixe. Porém, essa marca foi superada pelo gol marcado por Ângelo.

VAVEL Logo