Após falha contra o Ferroviário, Cavichioli fala em dever cumprido do América-MG na Copa do Brasil
Matheus Cavichioli após América-MG 1 a 1 Ferroviário (SporTV / Reprodução)

Foi com uma imensa dose de sofrimento, mas o América-MG garantiu vaga na terceira fase da Copa do Brasil 2021. Jogando no Independência, nesta quarta-feira (14), o Coelho precisou dos pênaltis para eliminar o Ferroviário, na única peleja da segunda fase do certame. Após o 1 a 1 no tempo normal, os mineiros triunfaram por três a dois nos tires livres diretos dentro da área. Matheus Cavichioli, goleiro americano, falou sobre a peleja tão logo a classificação foi assegurada.

Na visão do goleiro, o avanço é motivo de alívio e de satisfação para a instituição que tanto deu a ele. "É um sentimento de dever cumprido. A gente jogou bem o jogo todo. Eles tiveram duas finalizações a gol e, em uma delas, fizeram o gol. A gente passa por muita coisa. Esperei 17 anos para estar aqui, num clube que honra com tudo que faz, com tudo o que promete. Com a oportunidade de jogar a Série A", comentou Matheus Cavichioli, goleiro do América-MG.

Ele mesmo, entretanto, destaca que ele próprio bobeou quando tomou o gol de Augusto, aos 48 minutos do segundo tempo - o Coelho abriu o placar com Felipe Azevedo, logo aos dezoito minutos. "Sei que tem muito a melhorar. Muito, muito a melhorar. Se, por acaso, ficou um sentimento de desconfiança de alguém a respeito do jogo de hoje, a respeito daquela bola, peço desculpas, principalmente ao torcedor, por ter feito passar por esse sofrimento. A gente estava com o jogo praticamente na mão, mas, numa infelicidade...", finalizou o arqueiro após defender duas cobranças de pênalti do Ferroviário.

VAVEL Logo