Bahia atropela Deportivo Guabirá em Salvador e lidera Grupo B na Sul-Americana
(Foto: Divulgação / Bahia)

Nessa terça-feira (27), em Pituaçu, Bahia e Deportivo Guabirá-BOL se enfrentaram pela abertura da 2ª rodada no Grupo B da Copa Sul-Americana. A equipe tricolor não tomou conhecimento dos bolivianos e goleou por 5 a 0, assumindo momentaneamente a ponta da chave, com 4 pontos. Já os Azucareiros continuam na lanterna, após duas derrotas. 

  • Em primeiro tempo morno, Matheus Teixeira volta a brilhar e Bahia abre boa vantagem

A partida começou com o Tricolor tendo a posse, e tentando achar espaços para furar a retranca do time boliviano. Na primeira vez em que conseguiu, o estreante Thonny Anderson passou pelo zagueiro, que reclamou toque na mão e não foi atendido, e cruzou na medida para Alesson chegar de carrinho, completando para o gol vazio, Bahia 1 a 0.

O gol cedo deu uma tranquilidade para a equipe brasileira, que diminuiu o ritmo mas também não deixou o Guabirá ameaçar até os 23 minutos, quando em uma bola desprentenciosa, Mina ganhou na corrida de Luiz Otávio e foi derrubado na área, sofrendo o pênalti. Hurtado cobrou no canto direito baixo, e o goleiro Matheus Teixeira voou para fazer mais uma grande defesa contra uma penalidade máxima, a terceira nos últimos dois jogos.

A participação do jovem arqueiro do Esquadrão voltou a animar os donos da casa, que quase ampliaram aos 32, em chute perigoso de Thonny Anderson, por cima do gol. Aos 39, Galdezani cobrou falta na cabeça de Juninho, que subiu bem e tocou sem chances para Mustafá, 2 a 0. Antes do intervalo, ainda deu tempo para Thaciano perder uma chance inacreditável, na pequena área e quase com o gol aberto, tocando para fora após boa jogada coletiva que terminou com cruzamento preciso de Matheus Bahia.

  • Bahia deslancha na segunda etapa, aproveita a superioridade numérica e confirma goleada 

Se no primeiro tempo o Tricolor quase viu o jogo se complicar, a partida após o intervalo confirmou a disparidade entre as duas equipes. A equipe brasileira continuou controlando as ações, até que chegou ao terceiro gol aos 19, quando o Guabirá errou na saída de bola, Alesson cruzou na medida e Marcelo Ryan, que tinha acabado de entrar, completou de cabeça para o gol, 3 a 0.

O jovem atacante da base tricolor estava iluminado, e aos 26 minutos, após o passe perfeito de Renan Guedes, chutou forte da entrada da área, sem chances para Mustafá, Bahia 4 a 0. O que já era ruim para a fraca equipe boliviana, ficou ainda pior após a expulsão de Ibáñez, quatro minutos depois.

Aos 33, Daniel deu um passe espetacular que rompeu a defesa do Guabirá, Marcelo invadiu a área e cruzou para Alesson marcar seu segundo gol, completando para o gol vazio, 5 a 0. E só não foi uma goleada ainda maior pois Mustafá estava inspirado, e fez três grandes defesas na reta final, a última ainda teve uma bomba de Óscar Ruiz no travessão após o chute de Jonas. Mas a noite de festa estava completa em Salvador.

  • Próximos compromissos

Na próxima rodada, o Tricolor receberá o Independiente, na terça-feira (4), às 19h15, também em Pituaçu. Antes disso, no sábado (1º) às 16h, irá até o Castelão fazer o primeiro jogo da final da Copa do Nordeste contra o Ceará. Já o Deportivo Guabirá irá enfrentar o Montevideo City Torque-URU, em Montevidéu (URU), na quarta-feira (5) às 19h15.

VAVEL Logo