Com chuva de gols, Palmeiras perde em casa para Defensa y Justicia pela Libertadores
Divulgação/Defensa y Justicia

Na noite desta terça-feira (18), o Palmeiras foi derrotado por 4 a 3 para o Defensa y Justicia, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, no Allianz Parque. Líder isolado do Grupo A com 12 pontos, o Verdão desperdiça a chance de garantir mais três pontos e de se distanciar mais ainda de seus adversários.

Estratégias

Em maratona com a equipe paulista, o técnico Abel Ferreira priorizou a final do Paulistão que será disputada contra o São Paulo e decidiu escalar um time mesclado para enfrentar os argentinos no Allianz Parque.

A formação tática no 3-5-2, abriu um leque de oportunidades para a equipe de Sebastián Beccacece, por exemplo, se infiltrar pela direita contra o meia Lucas Lima que serviu como ala.

Altos e baixos

No entanto após 10 minutos da primeira etapa, o El Halcón abriu o placar numa bola parada durante o escanteio, onde o atacante Walter Bou, velho conhecido do Vitória, viu a bola passar por todo mundo e na mesma hora, dominou com qualidade e estufou a rede Jailson para fazer 1 a 0.

Entretanto, os argentinos não foram os únicos felizardos na bola parada, pois o Verdão conseguiu empatar a partida dois minutos depois numa cobrança de falta. O meia Gustavo Scarpa, pela esquerda colado na lateral, cruzou para a área e encontrou a sobra no pé direito de Zé Raphael para empurrar para dentro do gol.

A partida estava com 44,3% de posse de bola para o Palmeiras e 55,7% para o Defensa y Justicia que aproveitava as falhas do Verdão para poder surpreender fora de casa. No entanto, a noite era de Walter Bou, e pelo lado direito, ocupado pelo meia improvisado como ala, Lucas Lima, foi encontrado o segundo após cruzamento para o atacante cabecear firme e ampliar o placar.

Beirando os 40 minutos da primeira etapa, o Palmeiras não abaixou a cabeça e empatou a partida após passe decisivo de Zé Raphael, que tinha feito o gol de empate, para o atacante Willian Bigode que finalizou em cima da defesa do El Halcón que desviou para dentro do gol.

Foto: Cesar Greco/Palmeiras
Foto: Cesar Greco/Palmeiras

A rapidez para fazer os gols não era apenas exclusiva para o Palmeiras, o Defensa y Justicia, pelo contrário, priorizou também pela eficiência. O terceiro gol do El Halcón aconteceu após o bate e rebate dentro da área do Verdão que viu o meia Matías Rodríguez aproveitar a sobra para finalizar e estufar mais uma vez as redes de Jaílson.

O empate do Palmeiras poderia ter saído aos 14 minutos, quando o meia Zé Raphael abre pela direita para o atacante Wesley que, sozinho dentro da área, finaliza forte para o travessão contando com o desvio nas pontas dos dedos de Unsain.

No entanto, o gol saiu apenas aos 30 minutos após o cruzamento na medida de Matías Viña para o Scarpa que domina rápido e finaliza rasteiro no canto direito do gol.

O Verdão só não poderia ter esperado mais um derrota dentro de casa, pois o El Halcón fez o quarto gol após cruzamento na medida de Rotondi pela esquerda, para o atacante Braian Romero que estava isolado na área e só empurrou a bola para dentro do gol.

O que vem por aí

Com 12 pontos na tabela, o Palmeiras sofre a primeira derrota na Libertadores e enfrenta o Universitario, na quinta-feira (27), às 19h, pela sexta e última rodada da fase de grupos, no Allianz Parque. Antes, no domingo (24) enfrenta o São Paulo no primeiro jogo da decisão do Paulistão.

VAVEL Logo