Na estreia da Série B, Operário se impõe e bate Vasco em São Januário 
(Foto: Jorge Rodrigues / AGIF)

Na manhã desse sábado (29), Vasco e Operário se enfrentaram na abertura do Campeonato Brasileiro da Série B 2021, em São Januário. Mesmo jogando como visitante, o Fantasma dominou desde o começo e conquistou uma importante vitória, 2 a 0, no Rio de Janeiro. 

Operário aproveita erros de saída de bola

O time paranaense começou a partida com tudo, e teve a primeira chance com 1 minuto, quando Alex Silva chutou para defesa de Vanderlei. Marcando no ataque, o Fantasma chegou ao primeiro gol aos 7 minutos, quando Felipe Garcia recuperou a bola após erro de Zeca, e tocou para Leandrinho que chutou cruzado, sem chances para o goleiro vascaíno, 1 a 0.

O Vasco sentiu o gol sofrido e aos 9 minutos, Ernando, sozinho, driblou para o lado errado, foi desarmado por Jean Carlo, que saiu na cara do gol mas parou em grande defesa do Vanderlei. Aos 15 minutos, o Operário chegou a sua quarta finalização, com Djalma Silva chutando fraco de fora da área. A primeira chance do Cruz-Maltino veio aos 17, quando Galarza tentou cruzar para a área, mas mandou direto para o gol, passando perto da meta de Simão.

O duelo matinal pareceu continuar afetando os donos da casa, que seguiram cometendo erros por desatenção, e proporcionando contra-ataques do time paranaense. Aos 21, Tomás Bastos encheu o pé, a bola ia no ângulo mas Vanderlei voou para fazer nova grande defesa. O forte calor seguiu após a parada técnica, e o Operário criou mais uma boa chance aos 31, quando Jean Carlo chutou da entrada da área, a bola desviou em Ernando e passou perto do gol.

Aos 36, Tomás Bastos cruzou para Ricardo Bueno, que cabeceou por cima do gol. Dois minutos depois, Jean Carlo foi lançado, invadiu a área e encheu o pé, mas jogou para fora. Aos 40, Figueiredo soltou a bomba de fora, Simão espalmou e Reniê mandou para escanteio. Aos 43, novo erro na saída de bola do Vasco, dessa vez de Andrey, fez com que Jean Carlo tocasse para Bueno, livre, e o camisa 9 encobriu Vanderlei e superou Ricardo Graça, que tentou impedir que a bola entrasse, mas em vão, Fantasma 2 a 0. Na última chance da primeira etapa, Pec arriscou de fora e o goleiro do Operário mandou para escanteio, mas as equipes foram para os vestiários com a vantagem paranaense mantida em São Januário.

Sem reação

Para a segunda etapa, Marcelo Cabo fez três mudanças no Vasco após o intervalo, promovendo as estreias de Sarrafiore e Daniel Amorim, além da entrada de Léo Jabá. Mas a primeira chance foi novamente do Operário, aos 4 minutos, quando Rafael Chorão bateu de fora e acertou a trave vascaína.

A primeira chance que Germán Cano teve quase veio aos 9, quando recebeu cruzamento de Léo Matos mas teve a finalização travada por Reniê. Um minuto depois, Gabriel Pec arriscou de fora da área e Simão espalmou mais uma vez. O ritmo da partida caiu antes da parada técnica, e o técnico Matheus Costa aproveitou para fazer todas as 5 mudanças, dando novo gás para o Fantasma.

Com novas peças, o Operário voltou a marcar no ataque, e quase conseguiu chegar ao terceiro pressionando Vanderlei aos 31, que se virou bem, driblando Marcelo. Cabo apostou suas últimas fichas, trocando Zeca, que não fez boa partida, por Riquelme e colocando Vinicius no ataque, no lugar de Pec. Aos 40, Lucas Mendes aproveitou a sobra do escanteio, bateu forte e jogou na rede por fora.

Dois minutos depois, Pimpão - que também fez sua estreia, mas pelo Operário - quase fez um golaço de cobertura, mas a bola bateu no travessão e quicou fora do gol. A última chance da partida foi de Cano, aos 49, mas o argentino cabeceou por cima do gol, e não conseguiu diminuir para o Cruz-Maltino, que começa a Série B com o pé esquerdo. 

Próximos confrontos

Na segunda rodada, o Vasco irá até Campinas, enfrentar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, no domingo (6) às 16h. Mas antes disso, na terça-feira (1º) às 21h30, duelará contra o Boavista pela primeira partida da terceira fase da Copa do Brasil, em Saquarema.

Já o Operário também voltará a campo nessa terça, mas pela Série B, quando receberá o Guarani às 19h, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa.

VAVEL Logo