Desfalcado e com surto de Covid, Grêmio estreia na Copa do Brasil contra Brasiliense
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Segundo clube com mais conquistas da Copa do Brasil, o Grêmio inicia nesta quarta-feira (2) a trajetória na edição 2021 do torneio, diante do Brasiliense.

O confronto entre o campeão gaúcho e o brasiliense vale pela terceira fase. A largada é na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, e a decisão da vaga será será na quinta-feira (10) em Brasília.

Grêmio desfacelado

O tricolor estreou no Brasileirão com derrota para o Ceará por 3 a 2, que foi apenas o quarto revés em 26 jogos na temporada, o primeiro sob comando de Tiago Nunes. O técnico segue fora porque assim como outros jogadores testou positivo para a Covid-19. 

Em relação ao time, os infectados Diego SouzaFerreira, Luiz FernandoPedro LucasRafinha e Rodrigues cumprem isolamento. Além disso, Alisson e Elias estão lesionados, enquanto Brenno, Matheus Henrique e Pinares foram convocados. Os dois primeiros vão para a seleção brasileira olímpica e o chileno representa seu país na rodada das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022.

Provável escalação do Grêmio: Gabriel Chapecó; Vanderson, Geromel, Kannemann (Ruan) e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Lucas Silva e Jean Pyerre; Léo Pereira, Léo Chú e Ricardinho (Churín).

Brasiliense invicto em 2021

Além do título estadual, a equipe do Distrito Federal chega forte, com uma campanha que inclui 17 vitórias em 18 partidas na temporada. O único clube que conseguiu tirar pontos do Brasiliense foi o Ceilândia, no empate em 1 a 1 no dia 9 de maio.

O time perdeu apenas duas vezes neste ano - ambas em fevereiro, para Vila Nova e Remo, pela Copa Verde de 2020. Campeão brasileiro como jogador do Grêmio em 1981, o técnico Vilson Tadei possui no elenco nomes como o meio-campista Carlos Eduardo (ex-Flamengo e Grêmio) e os atacantes Zé Love (ex-Santos) e Jorge Henrique (ex-Corinthians).

Provável escalação do Brasiliense: Edmar Sucuri; Diogo, Badhuga, Keynan e Mário Henrique; Lídio, Zotti e Peninha; Didira, Luquinhas e Zé Love.

VAVEL Logo