Em
jogo polêmico, Botafogo estreia em casa na Série B com vitória sobre Coritiba
Foto: Vítor Silva/Botafogo F.R.

O Botafogo derrotou o Coritiba pelo placar de 2 a 0 neste sábado (5) pela segunda rodada do Brasileirão Série B. No Nilton Santos, Marco Antônio abriu o placar convertendo pênalti polêmico, e Chay marcou o segundo. O visitante chegou a balançar as redes no primeiro tempo, mas o gol foi anulado em outro lance polêmico.   

Era a estreia do Glorioso em casa na competição. Na primeira rodada, empate contra o Vila Nova (1 a 1). Tendo apenas a segunda divisão do Brasileiro pela frente, o time carioca precisava focar nos três pontos caseiros que sempre fazem falta ao longo do campeonato. Do outro lado, o Coxa vinha de vitória na rodada de estreia: 2 a 0 sobre o Avaí. E enfrentou o Botafogo na Série B pela primeira vez na história.

Estratégias

Marcelo Chamusca promoveu a estreia de dois nomes na equipe titular: Luís Oyama no meio, no lugar de Romildo, e Chay no ataque, pela ponta-esquerda. Esquema tático: 4-2-3-1. Douglas Borges no gol. Nas laterais, Warley pela direita e Paulo Victor pela esquerda. Kanu e Gilvan completando a defesa. Luís Oyama  e Pedro Castro fazendo a dupla de volância; Mais à frente, Ronald subindo pelo corredor direito, Chay pelo esquerdo e Marco Antônio centralizado. Isolado no ataque, Rafael Navarro.  

Gustavo Morínigo repetiu a escalação do time que venceu na estreia da Série B. Esquema tático: 4-3-3. No gol, Wilson. Igor na lateral-direita, Natanael na esquerda, enquanto Nathan e Luciano Castan formaram a dupla de zaga. No meio-campo, três volantes: Matheus Sales, Willian Farias e Val. E, na linha de 3 mais avançada, Waguininho e Rafinha pelas pontas, com Léo Gamalho centralizado.

Coritiba não encaixa jogadas ofensivas pelos lados

A expectativa era de um jogo rápido pelos corredores por parte do Coritiba, com os laterais subindo, e os pontas apostando na velocidade. Mas não foi o que aconteceu, e os visitantes sofreram para conseguir construir jogadas centralizadas, visto que não contavam com um armador. Mesma ausência apresentada pelo Botafogo, mas os volantes e os pontas alvinegros tinham mais sucesso nas armações ofensivas.

O destaque positivo do Glorioso foi a atuação de Chay, muito ativo pela ponta-esquerda, com assistência, finalização, puxada de contra-ataque e assumindo cobranças de falta.

Pelo Coxa, Rafinha jogava mais centralizado, tentando dar espaço às subidas dos laterais. O visitante conseguia chegar na área adversária, mas não fazer o último passe para finalizar a jogada.

Diferentemente do jogo anterior, o Botafogo marcava atrás, deixando o Coritiba jogar até a intermediária. E, aos 31, gol de falta de Igor anulado e polêmica: o árbitro chegou a autorizar a cobrança, mas interrompeu para ajeitar a barreira, o que gerou muita reclamação por parte dos visitantes. Aos 42, 52% de posse para a equipe da casa. Números parciais: 6 a 3 em finalizações a favor do mandante.

Botafogo garante vitória com pênalti polêmico e destaque de Chay

Na volta do intervalo, as características se mantiveram. O Coxa não conseguiu consertar seu meio-campo no aspecto ofensivo, não conseguindo concluir jogadas ofensivas e aumentar o número de finalizações. Chay continuou construindo as melhores chances pelo Botafogo enquanto esteve em campo (saiu aos 31 com dores).

Val e Natanael expandiram seus posicionamentos até a área para tentarem dar trabalho a Douglas Borges. Já pelo Glorioso, Marco Antônio e Ronald, que foi o destaque alvinegro na partida anterior, tinham atuações apagadas na frente.

Até que, aos 15, em bate-rebate na pequena área, a bola foi no braço do jogador do Coritiba. Só que ela veio de um companheiro dele, o que tira a penalidade. Mas, pela ausência de VAR na Série B, a decisão do árbitro foi mantida. Marco Antônio cobrou, Wilson caiu bem para defender, mas o camisa 70 não desperdiçou o rebote, abrindo o placar. E, aos 28, em contra-ataque, Warley cruzou rasteiro da ponta-direita, a bola passou por Navarro, mas não por Chay, que fechava na esquerda e colocou no fundo da rede pata aumentar o placar. Aos 34, 13 a 4 em finalizações a favor do Botafogo. Porém mais nenhuma no gol: 2 a 0.

Classificação e próximos compromissos

Com o resultado, o Botafogo sobe para a terceira colocação, com quatro pontos, enquanto o Coritiba ocupa a oitava posição, com três. O próximo compromisso do Glorioso é, novamente, em casa contra o Remo no outro domingo (13) às 18h15.

Já o Coxa volta a campo pela terceira fase da Copa do Brasil, recebendo o Flamengo na quinta-feira (10) às 21h30. Pelo Campeonato Brasileiro, também recebe o Londrina no domingo seguinte (13) às 18h15.

VAVEL Logo