Palmeiras e Corinthians travam equilíbrio tático e ficam no empate no Dérbi
Foto: Cesar Greco/SE Palmeiras

No início da noite deste sábado (12), o Palmeiras recebeu o Corinthians no Allianz Parque, em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. A partida terminou empatada em 1 a 1, com gols marcados por Raphael Veiga, pelo lado do alviverde, e Gabriel, pelo lado do alvinegro.

Logo no começo de jogo, aos três minutos, Rony arrancou pela ponta (uma jogada conhecida da equipe de Abel Ferreira) e cruzou na intermediária. Após a furada de João Victor, Wesley rolou para Raphael Veiga mandar um “foguete” e estufar a rede do gol de Cássio. Placar aberto para os donos da casa. 

O que se viu dali pra frente foi um jogo truncado taticamente, com muitos toques no meio do campo e um Corinthians que resistia defensivamente e buscava a construção de jogadas. Antes do apito do primeiro tempo, Gustavo Scarpa arrancou bem, tabelou com Luiz Adriano e carimbou a trave alvinegra.

Na segunda etapa, o Palmeiras quase ampliou o placar e selou a vitória com Luiz Adriano, mas a bola passou raspando a trave de Cássio. Começou ali o crescimento da equipe de Sylvinho no jogo, que passou a ter mais a bola no pé e construir jogadas.

Aos 55 minutos de jogo, Gabriel, que tocou a bola no início da jogada, apareceu bem na diagonal da pequena área para receber boa bola de Gustavo Silva e concluir para o fundo do gol. Empate no placar.

O Palmeiras cresceu na partida e chegou a balançar a rede aos 80 minutos com William, mas o jogador estava em posição irregular. O empate se perpetuou no placar e ambas as equipes somam um pontos na disputa do campeonato.

As estatísticas refletem bem o que foi o jogo: 52% de posse de bola para o Palmeiras contra 48% para o Corinthians. 12 finalizações do lado da equipe de Abel Ferreira contra 9 pelo lado da equipe de Sylvinho. Equilíbrio tático, empate no Dérbi.

VAVEL Logo