CSA marca primeiro gol, busca empate diante do Guarani e segue sem vencer na Série B
Augusto Oliveira/CSA

O CSA disputou seu quarto jogo no Campeonato Brasileiro da Série B 2021 e teve um sabor agridoce ao fim das contas. Em partida disputada na tarde desta terça-feira (15) no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL, a equipe alagoana enfrentou o Guarani pela quarta rodada da competição nacional. Tirou um grande peso das costas ao marcar pela primeira vez no torneio, mas segue sem vencer. O empate em 1 a 1 veio graças aos gols de Silvinho (CSA) e Bidu (Guarani).

Desesperado para balançar as redes e fazer valer o mando de campo com o primeiro triunfo, o Azulão do Mutange partiu ao ataque aos quatro minutos, quando Iury avançou pela esquerda e cruzou para Dellatorre, mas o centroavante estava adiantado. Sem grandes movimentações, a resposta do Guarani veio com perigo. Aos 20, Matheus Davó recebeu na área, girou e acertou a trave na finalização. Na sequência, Índio arriscou de fora da área e Raul defendeu. O CSA voltou ao ataque quando Kevyn arriscou de fora da área e o goleiro Gabriel Mesquita espalmou. Após o escanteio cobrado, Dellatorre teve a chance de finalizar, mas não chegou a tempo de desviar. Mas a melhor chance azulina veio aos 39 minutos. Dellatorre deixou a bola livre para Yago. O atacante avançou e arriscou da meia-lua, mas errou o alvo.

Augusto Oliveira/CSA
Augusto Oliveira/CSA

Logo no começo do segundo tempo, a ducha fria nos mandantes. Aos cinco, Bidu avançou pela esquerda e chutou rasteiro, cruzado. Raul demorou a pular e o Guarani abriu o placar no Trapichão. Após as modificações, os azulinos melhoraram seu desempenho em campo e conseguiram balançar as redes. Aos 21 minutos, Gabriel cruzou na medida e Silvinho completou ao gol para igualar o marcador.

Foram cinco minutos avassaladores, com mais dois gols anulados. No primeiro lance, Matheus Felipe completou cruzamento de Silvinho para as redes, mas estava impedido. No segundo, Dellatorre aproveitou passe rasteiro para aparecer nas costas da defesa e empurrar ao gol vazio, mas arbitragem anulou o lance e causou revolta dos atletas por um desvio na defesa bugrina na hora do centroavante receber a bola que poderia ser considerado um passe. Ao fim das contas, por mais que os dois treinadores fizessem modificações, as defesas levaram a melhor sobre a falta de repertório ofensivo.

Com o empate, o Azulão segue sem vencer, com apenas dois pontos em quatro jogos. Por outro lado, o Bugre ganha temporariamente algumas posições e espera o desenrolar da rodada. As equipes voltam a campo neste fim de semana. O Guarani recebe a arquirrival Ponte Preta no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas/SP, no Dérbi Campineiro às 18h30 do sábado (19). No domingo (20), às 20h30, o CSA vai enfrentar o Londrina novamente no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL.

VAVEL Logo