Corinthians encara time misto do Atlético-MG na Neo Química Arena
Neo Química Arena, estádio-sede de Corinthians x Atlético-MG (SC Corinthians Paulista / Divulgação)

Final do Brasileirão 1999, Corinthians e Atlético-MG se enfrentam neste sábado (17), na Neo Química Arena, às 19h (Horário de Brasília), em jogo válido pela 12ª rodada da competição. As equipes brigam por objetivos bastante distintos no Campeonato Brasileiro 2021.

O objetivo prioritário do Corinthians é manter-se distante da zona de rebaixamento, enquanto os mineiros estão em todas as listas de favoritos ao título do certame. 

Mudança de objetivo?

Muitos afirmavam, no começo do Brasileirão 2021, que o Corinthians lutaria contra o rebaixamento. Com onze jogos já disputados, o Timão soma catorze pontos, com três vitórias, cinco empates e três derrotas, marcando e sofrendo oito gols. Na última peleja, derrota para o Fortaleza por 1 a 0. A campanha deixa a equipe paulistana na 12ªposição, três pontos atrás do Bahia (sexto lugar, última equipe que vai à Copa Libertadores da América 2022) e sete à frente do Sport, 17º lugar no torneio - e equipe que inaugura a zona de rebaixamento.

São três baixas do Coringão para a partida, todas por contusão: Léo Natel, Ruan Oliveira e Gustavo Mantuan estão machucados. 

Após a derrota para o Fortaleza, Sylvinho, treinador da equipe, deu a entender que poderia mudar o esquema tático contra o Atlético: "Não sou agarrado ao sistema, quero que potencialize os atletas. Eles têm respondido bem. Não creio em esquema a cada 15 dias, atletas precisam de rotina, de entender como funciona. Creio que seja o jeito mais fácil", pontuou.

Provável escalação: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Victor Cantillo; Gustavo Mosquito, Vitinho, Gabriel e Mateus Vital; Jô

Técnico: Sylvinho

Na cola do líder

As expectativas acerca do futuro do Atlético Mineiro são muito maiores em relação ao adversário da peleja. Terceiro colocado no certame, com 22 pontos, os mineiros estão três pontos atrás do Palmeiras, primeiro na tabela de classificação. São, ao todo, onze jogos, com sete vitórias, um empate e três derrotas, com catorze gols marcados e nove tentos sofridos. São quatro vitórias consecutivas para o clube no Brasileirão (a última delas ante o América no clássico mineiro), e cinco pelejas de invencibilidade ao todo, somando o 0x0 ante o Boca Juniors na Bombonera, válido pela partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América 2021.

O Galo tem cinco baixas para o jogo: Réver, Keno e Marrony estão machucados, Guilherme Arana está com a Seleção Brasileira Sub-23 que disputará os Jogos Olímpicos 2020 e Igor Rabello está suspenso.

Com os duelos decisivos contra o Boca Juniors pela Libertadores, Cuca, técnico atleticano, indicou que mandará a campo um elenco com poucos titulares: "Agora a gente tem uma semana e no meio desse jogo tem o Corinthians no sábado, fora de casa, então a gente tem que agora pensar bem no que fazer, na estratégia pra usar, para terça-feira a gente estar numa condição física melhor do que hoje", comentou.

Provával escalação: Éverson; Guga, Nathan Silva, Junior Alonso e Dodô; Jair, Nathan (Alan Franco) e Hyoran; Dylan Borrero, Eduardo Sasha e Eduardo Vargas

Técnico: Cuca

Arbitragem

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

VAVEL Logo