Em noite dos "Marcos", Santos arranca empate com Bragantino
Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Red Bull Bragantino ficou no empate em 2 a 2 diante do Santos, neste domingo (18) no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), em jogo válido pela 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Apesar de ter ficado em vantagem em duas oportunidades com gols de Alerrandro e Ytalo, o Massa Bruta cedeu a igualdade com Marcos Guilherme e Marcos Leonardo, e somou mais um jogo sem vencer em casa, mas manteve a sua invencibilidade na competição.

Priorizando a Sul-americana?

O técnico Maurício Barbieri poupou alguns de seus principais jogadores. Artur, Ytalo e Fabricio Bruno começaram a partida no banco de reservas.

Por outro lado, Fernando Diniz só teve uma alteração, a entrada de Carlos Sanchez na vaga de Jean Mota, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. De resto, foi com o que tinha de melhor.

Bragantino precisou apenas de 10 minutos

O jogo começou truncado e equilibrado, com as duas equipes se estudando e sem muita inspiração de ambos. Até que aos 10 minutos de partida, em uma falha de Moraes e Kaiky, o zagueiro acabou de atrapalhando todo e perdeu a bola para Aderlan, que avançou em velocidade e cruzou para Alerrandro abrir o placar.

Depois do gol sofrido, o Santos pouco agredia. A boa marcação do time da casa impedia a bola de chegar livre para Camacho dar início às jogadas ofensivas do Santos.

Marcos Guilherme empata

No segundo tempo, Fernando Diniz voltou com alterações. Ele já havia sido obrigado a substituir Moraes ainda no primeiro tempo, por lesão, para a entrada de Felipe Jonatan. Após o intervalo voltou com duas alterações, sacou Pará e Gabriel Pirani para as entradas de Madson e Lucas Braga.

As mudanças surtiram efeito, o Santos passou a pressionar, Camacho apareceu mais para o jogo, Marinho chamou a responsabilidade.

O Bragantino chegou a marcar o segundo com Alerrandro, mas o gol foi anulado corretamente pelo VAR, que viu impedimento do camisa 9. Cleiton, por sua vez, fez três grandes defesas, e só não conseguiu segurar o baixinho Marcos Guilherme, que tentou duas vezes até empatar em um rebote.

Ytalo amplia para o Bragantino

Ytalo, que havia sido poupado por Maurício Barbieri, entrou na partida. Ele se aproveitou de uma nova falha da zaga do Santos e ampliou para o Massa Bruta.

Noite dos Marcos

Marcos Leonardo, que substituiu Luiz Felipe, justamente após a falha no gol do Braga, aproveitou rebote de uma bola que bateu na trave e deixou tudo igual nos acréscimos.

Números da partida

Bragantino x Santos

Chutes: 11 x 16

Chutes ao gol: 5 x 5

Posse de bola: 40% x 60%

Passes: 320 x 428

Precisão de bola 74% x 80%

Faltas 17 x 15

E agora?

Com o resultado, o Bragantino é o quarto colocado com 24 pontos, enquanto o Santos é o décimo com 16.

Agora as duas equipes dão uma pausa no Campeonato Brasileiro e voltam suas atenções para a Copa Sul-Americana. O Peixe viaja para a Argentina, onde na quinta-feira (22) enfrenta o Independiente, pelo jogo de volta da competição. No jogo de ida, o Peixe venceu por 1 a 0.

Após vencer por 2 a 0, o Massa Bruta recebe o Independiente Del Valle, em Bragança, na quarta-feira (21).

 

 

VAVEL Logo