Hernán Crespo fala em "temporada quase perfeita" do São Paulo após vitória sobre Vasco
Hernán Crespo em Vasco da Gama 1 a 2 São Paulo (São Paulo FC / Divulgação)

O São Paulo venceu o Vasco por 2 a 1 nesta quarta-feira (4) em jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil 2021. O triunfo classificou a equipe paulista para a próxima fase da competição.

Após vencer o título do Campeonato Paulista 2021, seguir vivo nas competições eliminatórias e estar na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, Hernán Crespo valorizou os resultados obtidos por ele e pela comissão técnica.

"Parabenizo o elenco, porque não é fácil ser competitivo em todas as competições. Muitas eventualidades aconteceram no Brasileirão. Estamos em uma situação que não merecemos, mas continuamos a lutar. Acho que até aqui a situação é quase perfeita", pontuou em entrevista coletiva após a partida em São Januário.

Em outro momento, ele voltou a exaltar a competitividade do elenco. "Gosto de disputar todos os campeonatos, minha paixão é o futebol, quero ganhar sempre. Ganhar não é nunca fácil, mas vamos tentar sempre chegar o mais alto possível. Ver chegar agosto e ainda sermos competitivos em tudo é uma grande felicidade. Quero parabenizar todo o grupo de trabalho", comentou o treinador do Tricolor.

O São Paulo teve vantagem em todas as estatísticas da partida. No 3-1-4-2 de Crespo, a equipe teve 67% de posse de bola e chutou dezenove vezes a gol (contra sete dos adversários) - sendo sete certas. O Vasco acertou duas finalizações. Na peleja, os vascaínos reclamam de quatro lances: uma possível expulsão de Miranda após um choque da mão do zagueiro em Léo Jabá, um gol anulado de Germán Cano, e as expulsões de Léo Jabá e de Leandro Castán.

O clube volta a jogar no próximo sábado (7), às 18h, contra o Athletico, na Arena da Baixada. A equipe aguarda o sorteio das quartas de final da Copa do Brasil 2021, a ser realizado na próxima sexta-feira (6), para conhecer o próximo adversário no torneio eliminatório nacional.

Elenco

Ao ser perguntado sobre a busca por centroavantes no mercado, o treinador do SPFC desconversou e jogou a responsabilidade para terceiros.

"Não falo de mercado. Falo com quem devo falar que são os dirigentes, que sabem o que penso desde o começo do ano, eles responderão essa pergunta. Estou contente com o elenco que temos, sabemos as necessidades que já falamos em outras coletivas, as dificuldades que atravessa o São Paulo", finalizou.

VAVEL Logo