Roger Machado é demitido do Fluminense
Foto: Divulgação/Fluminense

O Fluminense anunciou na manhã deste sábado a demissão de Roger Machado. A decisão foi comunicada oficialmente pelo clube dois dias depois da eliminação na Libertadores da América para o Barcelona-EQU.

A princípio, Marcão, auxiliar técnico fixo, assume o time interinamente.

Contratado no final da última temporada, ao final do Campeonato Brasileiro, ele iniciou o trabalho em março deste ano. Foram 44 jogos à frente da equipe, com 19 vitórias, 12 empates e 13 empates. No total, o treinador deixa a equipe carioca com 52% de aproveitamento.

Foto: Divulgação/Fluminense
Foto: Divulgação/Fluminense

No comando de um Fluminense que convive uma realidade financeira limitada, embora tenha levado o time à segunda fase Libertadores, Roger Machado foi vice-campeão carioca, tendo perdido a final para o Flamengo. No Brasileiro, a equipe ocupa a décima quinta posição, com 17 pontos, dois a mais do que o Sport, que abre a zona do rebaixamento.

Críticas constantes

A torcida Tricolor já pedia a cabeça do treinador desde a derrota para o Criciúma no jogo de ida das oitavas de finais da Copa do Brasil. Mesmo revertendo a vantagem no segundo confronto e avançando na competição, as críticas ao trabalho persistiram.

No Brasileirão, a situação piorou ainda mais nas últimas rodadas. O Fluminense vem de quatro derrotas seguidas. O desempenho fez a equipe despencar na tabela e se aproximar do Z-4.

A esperança que mantinha Roger no cargo era a possibilidade de classificação às semifinais da Libertadores, que não veio. Com dois empates e um desempenho muito abaixo do esperado, o Fluminense acabou eliminado da competição para o Barcelona, do Equador.

VAVEL Logo