Análise: Como resolver o crônico problema no meio-campo do São Paulo?
Hernán Crespo precisa resolver os problemas do meio-campo do São Paulo (Divulgação: Twitter)

No futebol, se divide o campo, majoritariamente, em três setores: defesa, meio-campo e ataque. Seguindo esta convenção, o São Paulo está com problema em um deles: o meio. 

E o problema é "simples", assim dizendo. O time tem dificuldade na organização ofensiva, ou seja, em levar a bola para o ataque e deixar os atacantes em boas condições de finalização. 

Seja no 3-5-2 ou no 4-4-2 (com alternância para o 4-3-3) que Hernán Crespo escalou ao longo da temporada, o problema persiste. O treinador, muitas vezes, opta por ter um meio com mais capacidade de marcação e controle de bola. Mas falta alguém que organize o ataque e coloque a bola "redonda" nos pés dos atacantes. 

Na verdade, esse jogador está no elenco: é Benítez. Entretanto, por fatores físicos, não consegue uma boa sequência como titular. As outras opções que foram colocadas não estão dando conta do recado. 

Quais caminhos e quais peças Crespo deve utilizar melhorar a equipe?

Confira a análise

VAVEL Logo