Com polêmica de arbitragem, Náutico e Guarani empatam nos Aflitos
Foto: Divulgação/Guarani

A arbitragem roubou a cena no duelo entre Náutico e Guarani. As duas equipes empataram em 1 a 1 na tarde deste sábado (4), no estádio dos Aflitos, em Recife, pela 22ª rodada da Série B. Jean Carlos marcou para o Timbu, enquanto Bruno Sávio fez o gol do Bugre. O resultado não agradou ninguém.

Expulsão, gol e VAR

As duas equipes faziam um péssimo primeiro tempo até a reta final, quando o jogo ganhou emoção. Primeiro, após reclamar de uma falta não marcada, o atacante Iago Dias, do Náutico, foi expulso direto pelo árbitro Rafael Traci, deixando o time da casa com um homem a menos.

Em seguida, o Timbu abriu o placar. Em contra-ataque rápido, Giovanny deu um lindo passe para Jean Carlos, que tocou na saída do goleiro Rafael Martins para balançar as redes. O Bugre respondeu à altura com Mateus Ludke, mas o gol foi anulado após o VAR revisar o lance e pegar impedimento no ataque da equipe paulista.

Polêmica e tudo igual

O lance mais polêmico do jogo veio no começo da etapa final. Giovanny foi derrubado na área, mas Rafael Traci não marcou a penalidade e o VAR não pediu a revisão do lance. A equipe do Náutico ficou na bronca com o árbitro da partida. Com um jogador a mais, o Guarani partiu para cima em busca do empate. Lucão do Break errou o alvo, mas Bruno Sávio, não. O atacante aproveitou o cruzamento de Júlio César e testou firme, sem chances para Alex Alves.

O Náutico quase chegou ao segundo gol quando Giovanny deixou Luiz Henrique cara a cara com Rafael Martins e bateu em cima do goleiro. Na reta final, Andrigo arriscou da entrada da área e levou perigo.

Olho na tabela

O Náutico, apesar de desperdiçar mais dois pontos em casa, subiu na classificação e agora está na quinta posição com 35 pontos, um a menos que o Botafogo, que fecha o G-4, mas ainda joga na rodada. Já o Guarani é o sétimo colocado e soma 34.

Próximos compromissos

Quem volta a campo primeiro é o Guarani. Na próxima terça-feira, o Bugre recebe o CSA, às 16h, no Brinco de Ouro, em Campinas. Na sexta, às 21h30, o Náutico visita o Vila Nova no estádio Oba, em Goiânia.

VAVEL Logo