Luxemburgo reclama do VAR após empate com Goiás e projeta sequência do Cruzeiro
Foto: Divulgação / Cruzeiro EC

O empate entre Goiás e Cruzeiro, no estádio da Serrinha, nesta terça-feira (7), teve um componente extracampo bastante importante. Uma irregularidade no tento dos mandantes no duelo da 22ª rodada da Série B 2021 foi um dos temas principais da entrevista coletiva de Vanderlei Luxemburgo, técnico cruzeirense. 

Na visão de Luxemburgo, o erro deve ser colocado em alta figura quando o resultado da partida é analisado. "Tomamos o gol com erro do VAR e a gente está tendo uma defesa muito sólida. Se você pegar, qual foi a grande defesa que o Fábio fez dentro do jogo? Que culpa tem a defesa? A culpa foi do VAR, que deveria ter invalidado o gol, porque o jogador do Goiás estava irregular. Não o juiz, o VAR", destacou o técnico.

Pouco depois, o treinador da Raposa voltou a atacar o árbitro de vídeo da partida. "Se ele percebeu, ele viu, tem que chamar a atenção. Se o jogador está no nosso campo, não pode ser dada a saída com o jogador no nosso campo. Então eu acho que o VAR errou, como vem acontecendo, mas não pode acontecer uma situação dessa. Mesmo que seja meio metro, um pé ou dois, não adianta, não interessa", comentou. O árbitro da peleja era Jean Pierre Gonçalves Lima, com Bráulio da Silva Machado no árbitro de vídeo.

No 4-2-1-3 de Marcelo Cabo, o Goiás teve mais posse de bola (57%) e chutou mais a gol (doze a dez) que os adversários. Também no 4-2-1-3 e comandados por Vanderlei Luxemburgo, o Cruzeiro acertou mais finalizações: dois a um.

Planejamento

Luxa também foi perguntado na entrevista coletiva após o jogo sobre a previsão de pontos para o restante da Série B. Na visão do técnico, o time conseguiu um resultado que era previsto.

"Foi um resultado dentro daquilo que eu coloquei de projeção, contra o CRB e contra o Goiás, que são times que estão lá em cima. Ah, tem que ganhar? Não, temos que ganhar jogos com adversários que não estão indo para lugar nenhum", pontuou.

Mais para frente, ele foi mais enfático ao dizer sobre a quantidade de vitórias que espera ganhar no certame. "Ganhar do Goiás aqui é muito difícil, e nós tivemos próximos de ganhar. Jogamos um grande jogo. São 10 jogos que eu coloquei, não vou falar quais são, mas 10 jogos que temos a obrigação de ganhar", finalizou o comandante.

O Cruzeiro ocupa a 14ª colocação da Série B, com 26 pontos, três acima do Z-4. O time volta a campo no sábado (11) diante da Ponte Preta, em casa, às 11h.

VAVEL Logo