Marcão elogia primeiro tempo do Fluminense e lamenta que
modificações não tenham surtido efeito após o gol sofrido
Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

O Fluminense perdeu para o Atlético-MG, por 1 a 0, nesta quarta-feira (15), no Mineirão e foi eliminado da Copa do Brasil. Visto que, no jogo de ida, o Galo também havia vencido. Em entrevista após o apito final, o técnico Marcão elogiou o primeiro tempo da equipe.

Foi um 1º tempo muito igual, onde nossa equipe conseguiu mudar conforme a equipe do Atlético. Em alguns momentos fazíamos uma marcação mais atrás, em outros subíamos a marcação. E quase resultou em gol. Foi um bom jogo no primeiro tempo. Mais ou menos o que tínhamos planejado. Sabíamos que jogar aqui seria muito difícil, contra uma equipe muito bem treinada, de grandes valores” disse Marcão.

No início do segundo tempo, o Galo abriu o placar, com Hulk, de pênalti. Após o gol sofrido, Marcão promoveu as entradas de Jhon Arias e Bobadilla, nas vagas de Wellington e Luiz Henrique, respectivamente. No entanto, o comandante admitiu que as alterações não tiveram o resultado esperado.

No segundo momento, quando tomamos o gol, teríamos que, de alguma forma, arriscar mais. Tentamos de tudo. Primeiro colocamos o Arias por dentro, mas não estava resultando muito, e adiantamos mais um atacante, fizemos duas linhas de área para pesarmos mais a área. Mas não conseguimos empatar. Os meninos fizeram de tudo, tentamos de tudo. Lógico que queríamos sair daqui com um resultado muito positivo, voltar com essa classificação para o Rio de Janeiro, mas infelizmente não deu”.

Além de precisar reverter o placar do jogo de ida, a equipe ainda teve diversos desfalques, como Martinelli, Egídio e Gabriel Teixeira. Além de André, que até viajou, mas não teve condições de jogo.

Fizemos um jogo muito pesado diante do São Paulo, tivemos muito pouco tempo de recuperação, como o Atlético também teve, e exigiu muito dos nossos meninos, e acabamos perdendo alguns jogadores. São jogadores que já estavam acostumados a jogar, tinham uma sequência muito boa, e tivemos que contar com outros guerreiros que não vinham jogando. Acredito que agora, apenas com o Campeonato Brasileiro, conseguiremos administrar melhor essa parte de treinamento, de descanso, para focarmos só na partida e contar com todas as peças importantes que hoje não tiveram com a gente” encerrou.

Com a eliminação, o Fluminense volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Com 28 pontos, o Tricolor é o sétimo colocado e volta a campo na próxima segunda-feira (20), quando enfrenta o Cuiabá, na Arena Pantanal, às 20h, pela 21ª rodada da competição.

VAVEL Logo