Vojvoda destaca raça do Fortaleza e explica esquema tático que eliminou São Paulo
Foto: Divulgação / Fortaleza EC

O Fortaleza conquistou uma grande vitória nesta quarta-feira (15). No jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil 2021, a equipe venceu o São Paulo por 3 a 1 e se classificou para as semifinais da competição pela primeira vez na história do clube. Após a partida, disputada no Castelão, Juan Pablo Vojvoda, treinador da equipe, mostrou-se emocionado.

O treinador do Leão do Pici valorizou, em mais de um momento, o espírito de luta dos jogadores. "Acho que foi uma partida taticamente muito inteligente, com força e espírito coletivo com força e conseguimos uma justa classificação. Eu confio muito neste grupo, mas não digo isso hoje só porque ganhamos ou classificamos. O espírito combativo deste grupo que me representa", pontuou Vojvoda.

Ao ser perguntado sobre o principal motivo pelo qual a equipe se classificou na Copa do Brasil, ele, novamente, pontuou a raça dos atletas. "O que eu planejo, o que sempre falo com os jogadores, no dia da partida, se tem que correr muito e representar o Fortaleza como eles têm representado. Jogar, eles jogam. Sou totalmente sincero, eu acho que o principal arma do Fortaleza foi seu espírito combativo a todo momento. Isso foi o que nos deu a classificação", comentou.

Falando taticamente do Leão, Vojvoda explicou como venceu a equipe paulista no Governador Plácido Castelo. "Sim, hoje o sistema era um 3-4-3, mas muitas vezes se convertia para se defender em um 5-4-1. Sair com três atacantes era para provocar uma pressão muito mais alta no primeiro tempo e flutuar com Romarinho e Edinho pelos lados. Eles também podiam estar muito abertos e abrir a defesa adversária. No segundo tempo, o time trocou para o que vemos fazendo sempre", disse.

No 3-4-3, o Fortaleza finalizou mais e melhor: foram catorze chutes totais em direção ao gol, contra nove dos adversários; sendo cinco deles certos, ante três do São Paulo - que jogou no 3-4-1-2 e teve 63% da posse de bola.

Sentimento do torcedor

Na visão do treinador argentino, o torcedor também se sente identificado com as conquistas da equipe. "Estou muito feliz também pelo torcedor. Hoje, quando saímos do Pici, havia muitos torcedores. Em momentos não ruins, mas em momentos de dúvida, eles apoiaram muito mais. Esse é o torcedor do Fortaleza. Eu me sinto identificado com o torcedor, com essa maneira. A torcida nos deu muita energia", finalizou.

O próximo jogo do Fortaleza acontecerá no domingo (19), às 11 da manhã, contra o Internacional no Beira-Rio, em Porto Alegre/RS, em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro 2021. Os jogos da semifinal da Copa do Brasil ainda não têm data nem horários definidos, mas serão realizados nas semanas dos dias 20 e 27 de outubro.

VAVEL Logo