Sem espaço no Athletico, Jadson fecha com Avaí para reta final da Série B
Foto: Leandro Boeira/Avaí FC

O meia Jadson, 37 anos, foi confirmado como novo reforço do Avaí para o restante da Série B 2021 nesta quinta-feira (23). Ele foi apresentado na Ressacada ao lado de Felipe Ximenes, executivo de futebol e Marquinhos Santos, gerente de futebol.

Jadson declarou que vai honrar este compromisso com o Avaí e trabalhar para ajudar o clube a chegar à Série A em dezembro. O meia foi cedido por empréstimo pelo Athetico até o final da temporada, com salários bancados pelo clube de origem.

Reencontros

O experiente meia se disse motivado em poder ajudar o Avaí com sua experiência. Ele destacou que conhece vários companheiros, como o lateral Edilson, com quem jogou no Corinthians. Também destacou outros atletas do grupo por jogar contra como Valdivia, Betão, Vladimir e Bruno Silva.

O meia passará por exames médicos e iniciará os treinamentos com o novo grupo de trabalho após assinatura do contrato.

O presidente do clube, Francisco Battistotti, deu as boas-vindas ao meia. “Ele vem nos reforçar neste na reta final da Série B. Seja bem-vindo e tenho certeza que nós e toda a torcida avaiana confiamos no teu potencial e na conquista do acesso".

O executivo de futebol Felipe Ximenes, falou sobre a negociação com o Athetico. “Agradecer esta parceria juntamente com no Avaí que não mediu esforço para nos ajudar a trazer o Jadson. Ao presidente Petraglia ao Willian Thomas que nos ajudaram”, disse.

Novo desafio

Jadson destacou sua alegria para este novo desafio. “Quero agradecer a confiança do presidente Battistotti, do Ximenes e do Marquinhos. A equipe já está montada e está brigando pelo acesso. Venho aqui para agregar. Podem ter certeza disso. A torcida do Avaí pode confiar que vou dar o meu melhor para ajudar a equipe do Avaí a subir para a primeira divisão”, disse.

"Todo atleta tem ambição e seu eu estou até hoje tentando jogar e o Avaí abriu as portas, eu acho que é importante para todo ser humano, em todas as áreas. Quero agregar ao grupo. Eu vim para cá com esse objetivo e com o pensamento de subir. Agradecer ao presidente Mario Celso Petralha, que ajudou na minha vinda para cá. Imagino sim conseguir este objetivo de chegar à Serie A”, completou.

Trajetória

Jadson foi revelado nas categorias de base do Athetico Paranaense onde atuou entre 2001 a 2005. Depois jogou no Shakhtar Donestsk, São Paulo, Corinthians, Tianjin Quanjian, Corinthians, novamente, antes de retornar Athetico. Sem espaço no Furacão, foi emprestado ao Leão da Ilha.

Em 2011 foi chamado por Mano Manezes para defender a Seleção Brasileira, onde atuou em outras três convocações, sendo chamado também por Luiz Felipe Scolari. Em seu currículo, Jadson acumula títulos pelos vários clubes que defendeu em sua longa carreira.

VAVEL Logo