Com grande atuação, Cruzeiro atropela líder Coritiba pela Série B
Foto: Divulgação/Coritiba 

Na noite desta sexta-feira (8), o Cruzeiro visitou o líder Coritiba, no Couto Pereira, em jogo válido pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e levou a melhor. Com gols de Giovanni, Adriano e Eduardo Brock a Raposa não teve dó e goleou por 3 a 0 mantendo sua invencibilidade como visitante.

Avassalador, eficiente e letal

O Cruzeiro começou a partida num ritmo avassalador, tanto que aos 10 minutos já tinha 2 a 0 no placar. Aos três minutos, Giovanni recebeu bom passe de Vitor Leque no bico da área pela esquerda, deu belo corte em Natanael e finalizou cruzado. A bola entra no canto direito baixo do goleiro Wilson. Fazendo valer a Lei do ex!

Aos sete, Rômulo fez bom lançamento na ponta direita, Vitor Leque vai à linha de fundo e cruzou na marca do pênalti. Adriano surgiu sozinho no meio da zaga do Coxa e finalizou de primeira para estufar as redes.

Mesmo com a boa vantagem, o Cruzeiro seguiu tendo mais volume de jogo e encurralava o Coritiba, que mesmo jogando em casa, não conseguia achar espaços.

A melhor chance dos donos da casa só veio aos 28 minutos. Igor Paixão foi lançado na ponta esquerda, gingou em cima de Rômulo e conseguiu fazer o cruzamento. Só que Robinho não conseguiu o cabeceio, Brock corta mal de cabeça e Willian Farias encheu o pé da meia-lua. O goleiro Fábio voou no canto direito e espalmou para escanteio.

Coxa cria boa chance, mas quem marca é o Cruzeiro

Em desvantagem no placar, quem criou a primeira oportunidade na segunda etapa foi o Coritiba. Aos seis minutos, Léo Gamalho ficou com a sobra, dentro da área, mas foi atrapalhado no momento certo pela marcação do Cruzeiro que conseguiu afastou o perigo.

Aos 15 minutos, em cobrança de escanteio, Giovanni mandou na medida para Eduardo Brock, que subiu bonito e testou firme, estufando novamente a rede do Coritiba e marcando o terceiro gol da Raposa.

Fábio defende o pênalti

Sete minutos mais tarde, o árbitro Marielson Alves Silva viu toque de mão intencional de Ramon para bloquear o cabeceio de Léo Gamalho e marcou pênalti para o Coxa. Léo Gamalho foi para a cobrança e parou no gigante Fábio, que defendeu a finalização de forma espetacular, com o pé esquerdo. 

Aos 44 minutos, em rápido contra-ataque, Thiago escorou para Adriano, que recebeu com liberdade e bateu colocado, mas mandou para fora.. 

Como fica?

Com o triunfo, o Cruzeiro chegou aos 38 pontos e saltou para a 11ª colocação. O Coritiba, por sua vez, segue na liderança, com 54 pontos.

O Cruzeiro recebe o Botafogo na terça-feira (12), no Mineirão, às 21h30. O Coxa encara o Vasco no sábado(16),  às 16h30, em São Januário.

VAVEL Logo