Com novo treinador, América-MG vence Santos na Vila e se afasta do rebaixamento
Luiz Martini / América

Em jogo válido pela 28ª rodada do Brasileirão, Santos e América-MG se enfrentaram na Vila Belmiro neste sábado (23). ambos os times lutam pelo mesmo objetivo, a permanência na Série A, porém vivem momentos diferentes na temporada. O América, que contava com a estreia do técnico Marquinhos Santos, repetiu o placar do primeiro, saiu com a vitória por 2 a 0 e aumentou a tensão no Peixe.

O Santos chegou ao seu terceiro jogo seguido sem vitória e vê o trabalho de Fábio Carille ser muito questionado. Em nove jogos do treinador, foram quatro empates, quatro derrotas e uma vitória, com apenas três gols marcados.

Expulsão de um lado, festa do outro

Na primeira etapa, o jogo foi bastante equilibrado, com o Coelho tendo um início melhor e o Santos retomando o controle da partida ao decorrer do jogo. A posse de bola foi de 50% para cada time e as equipes se equilibraram nas estatísticas - em finalizações foram oito para o Santos e seis para o América.

O Santos buscava finalizações de fora da área - os três gols do Peixe sob o comando de Carille foram em chutes de longa distância -, mas parava nas defesas de Mateus Cavichioli, que fez boas intervenções nas tentativas de Diego Tardelli e Marinho. 

No finalzinho do primeiro tempo, aos 44 minutos, Camacho saiu lesionado para a entrada de Jean Mota, que um minuto depois cometeu pênalti em Ademir e foi expulso. Em cobrança com estilo, o camisa 10 do Coelho fez seu sexto gol no Brasileirão.

Santos sem reação

Para a segunda metade do jogo, Fábio Carille promoveu mais duas mudanças no seu time - Marcos Guilherme e Madson entraram no lugar de Pará e Carlos Sánchez, em tentativa de voltar a dominar o meio campo e recompor o time após a expulsão.

Porém, logo no primeiro lance do segundo tempo, o planejamento feito pelo Santos foi por água abaixo. Após cruzamento na área, o goleiro João Paulo saiu mal e Alê fez o segundo da equipe mineira. 

Após o golpe, a equipe do Santos se mostrou abatida em campo e não esboçou reação,. O América continuava dominando e criava chances para ampliar o placar, mas sem sucesso. 

Apesar do placar, ao final do jogo o equilíbrio do primeiro tempo persistiu, ao menos nas estatísticas, o Santos teve 49% da posse de bola contra 51% do América. Nas finalizações, o Coelho teve 16 chutes e o Peixe finalizou 14 vezes, por seis oportunidades a bola foi ao gol, mas Matheus Cavichiolli vivia mais uma noite iluminada na baliza americana.

Zárate volta a jogar pelo Coelho

Após três partidas como desfalque, o argentino Mauro Zárate voltou a camp O atacante foi acionado aos 16 minutos do segundo tempo, entrando na vaga de Felipe Azevedo. Apesar da tímida participação no jogo, o retorno do atacante é um grande reforço para a equipe mineira - em sete partidas, o argentino fez um gol e deu duas assistências, sendo crucial na armação de jogadas e dando qualidade ao time do América.

Classificação e próximos jogos

O Santos se complica no campeonato - é o 16º colocado, com 28 pontos, e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento, dependendo de resultados de outros jogos. Já o América sobe para nono, com 35.

O Santos enfrenta o Fluminense na quarta-feira (27), novamente em casa, e precisa voltar a vencer para respirar na luta contra o que seria o primeiro rebaixamento da sua história. O próximo compromisso do Coelho no Brasileirão é em casa, contra o Fortaleza, no próximo sábado (30).

VAVEL Logo