Com show de Glédson, Avaí mantém tabu de uma década ao vencer Cruzeiro
Foto: André Palma Ribeiro/Avaí

A escrita continua positiva para o Avaí. O Leão da Ilha mantém a invencibilidade de uma década sobre o Cruzeiro nesta sexta-feira (22). Desta vez, o resultado foi de 1 a 0, na Ressacada, pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Lourenço balançou as redes para a Azurra.

Desde 2011, os catarinenses não perdem para a Raposa. A última foi a dolorida goleada de 5 a 0, mas de lá para cá, já soma 11 jogos sem derrotas - quatro vitórias e sete empates no período.

Abusou no desperdício 

Dada a saída de bola, o time estrelado não conseguia ser efetivo no meio-campo. Na contrapartida, o Leão controlou bem o jogo até os 20 minutos, com 70% de posse contra 30 do adversário. Apesar do domínio, o mandante não conseguia assustar a meta de Fábio. Os comandados de Vanderlei Luxemburgo, suspenso, mas tendo o auxiliar Maurício Copertino, melhorou com o passar do cronômetro. 

Bruno José acertou o travessão em chute colocado. Contudo, a grande oportunidade ocorreu aos 24’, bem como desperdiçada em três lances seguidos. Thiago recebeu na cara do gol. Ele finalizou, Glédson salvou. A bola voltou para o atacante, que mandou em cima do goleiro. Bruno José pegou rebote, com gol aberto, bateu e Alemão tirou meio caído e cedeu o escanteio. O volante Bruno Silva tentava responder pelo lado da Azurra. A falta de pontaria não contribuiu.

Glédson garante três pontos

O Cruzeiro mudou de postura para o segundo tempo. A Raposa subiu a linha de marcação, obrigando o Avaí trocar passes em seu campo de defesa e buscar lançamentos para chegar ao ataque. Claudinei Oliveira fez algumas substituições. Entre elas, Vinícius Leite. O dedo do treinador fez a diferença. O meia alçou na maior categoria. Lourenço subiu nas costas da marcação e cabeceou livre para o fundo do gol.

Aos 23', Fábio evitou a ampliação do marcador. Diego Renan cobrou lateral na área. Lourenço ganhou facilmente de Ramon e desviou de cabeça na primeira trave. O capitão defendeu em dois tempos. A equipe catarinense começou administrar o jogo, enquanto o visitante tentava surpreender na reta final. Faltou combinar com Glédson. Moreno foi alçado, o goleiro saiu do gol e tirou de soco. Logo em seguida, Nem matou o rebote no peito, rolou para Bruno José, que acionou Flávio. O volante chutou de longe, mas o camisa 83 encaixou.

Ele virou protagonista e garantiu a vitória nos acréscimos em dois lances precisos. Bruno José cruzouna pequena área. Moreno desviou e Glédson espalmou. Ariel Cabral finalizou buscando o ângulo. O arqueiro voou para fazer novo milagre.

Classificação e próxima rodada

Com o resultado positivo, o Avaí ganha uma posição na tabela de classificação - é o terceiro, somando 53 pontos. Já o Cruzeiro é a 12ª colocada, com 39.

Na próxima quinta-feira (28), a Raposa irá medir forças contra o Remo, às 21h30 (de Brasília). Já a Azurra visita o Operário-PR, na sexta-feira (29), às 19h (de Brasília).

VAVEL Logo