Cruzeiro empata com Vila Nova em jogo marcado por pênaltis e chuva forte
Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Sob forte chuva em Belo Horizonte, o Cruzeiro garantiu o empate diante do Vila Nova, por 1 a 1, na Arena Independência, pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Clayton abriu o marcador para o colorado. Giovanni descontou ainda na etapa inicial ao lado estrelado.

O gramado ficou cheio de poças d'água, dificultando a troca de passes entre os times. A adversidade acabou dando origem a uma oportunidade. Aos dez minutos, a bola acabou dentro da poça, sobrou com Clayton, que finalizou na entrada da área. Fábio espalma pela linha de fundo. Pouco tempo depois, o juiz paralisou a partida devido às condições do gramado.

Após 30 minutos de paralisação, a arbitragem apitou novamente. Apesar da drenagem do campo, o jogo continuou pegado. A imaturidade, deu destaque na bola parada. Alesson tentou uma bicicleta e acabou sofrendo um chutão de Lucas Ventura. O VAR confirmou o pênalti. Clayton deslocou Fábio e acertou o canto esquerdo. Aos 36, outra penalidade marcada. Dessa vez, para o lado celeste. Wellington Nem entrou na área em velocidade, mas acabou levando uma rasteira de Donato. Giovanni bateu com paradinha, tirou Georgemy e deixou tudo igual.

O segundo tempo acabou sendo marcado por poucas chances criadas. A Raposa criou a melhor oportunidade aos 23, com presente de Renato para Nem. O atacante dominou sem nenhuma marcação e bateu colocado. A redonda passou perto do travessão. Enquanto o zagueiro de um lado deu aquela bobeada, o outro salvou na casquinha. Dudu cobrou o escanteio. Rafael Silva desviou no meio do caminho, Léo Santos tirou de leve e Donato perdeu o tempo da bola para finalizar. Nos minutos finais, Arthur Rezende levantou na segunda trave em falta batida da intermediária. Donato cabeceia forte para o chão, Fábio salvou.

Classificação e próximos jogos

Com 16º empate na competição nacional, o Cruzeiro está na 14ª posição, tendo 40 pontos conquistados. Por sua vez, o Vila Nova segue com a invencibilidade de nove jogos. Em 10º, soma 43. 

Às 21h30 (de Brasília) da próxima sexta-feira, a Raposa visita o Londrina, enquanto o Tigrão encara o Guarani, no sábado, às 16h (de Brasília).

VAVEL Logo