Atacante Wendell é um dos destaques do Campeonato Baiano sub-17
Foto: Divulgação/Arquivo pessoal

O futebol brasileiro produz talentos em profusão no mundo do futebol. Do Nordeste ao Sudeste, os clubes exportam diversos jogadores de alto nível para o mercado europeu, asiático e afins. Na Bahia, não é diferente. Clubes grandes como Bahia e Vitória revelam sempre bons nomes. Mas além desses times, há outros que geram talentos. 

É o caso do Canaã Esporte Clube. O clube, que realizou um grande Baiano sub-17 mas acabou sendo eliminado nas quartas de finais pelo Bahia de Feira, conta com jogadores de qualidade e que chamaram atenção na competição, no seu elenco.

Um deles é o atacante Wendell: velocista, artilheiro e habilidoso, o jogador de 17 anos foi um dos grandes nomes da competição. Por sinal, o atleta possui passagens na dupla Ba-Vi. 

As belas atuações do jogador, os gols e as importantes participações nos jogos têm gerado repercussão e, naturalmente, o atleta junto ao clube, tem recebido sondagens. 

Em entrevista, o jogador analisou o bom momento e a boa campanha da equipe:

VAVEL Brasil: Como você avalia o rendimento da equipe no Campeonato Baiano? 

Wendell: “Nós fomos uma equipe muito guerreira. Lutamos até o final de todas as partidas. Nos doamos ao máximo pelos objetivos do clube. Infelizmente, caímos nas quartas de finais, mas caímos de pé e conscientes que fizemos um grande papel no campeonato. Agora é levantar a cabeça e seguir trabalhando.”

VAVEL Brasil: Você foi um dos bons nomes do Canaã no campeonato. Qual é o segredo do seu bom nível apresentado na competição? 

Wendell“Eu vim muito preparado psicologicamente. Me mantive focado nos treinos e sabia da minha responsabilidade. Dei o meu máximo em todas as partidas e os meus companheiros sempre me ajudaram também. Só tenho que agradecer a Deus por tudo”.

VAVEL Logo