Brasil derrota Colômbia e garante classificação à Copa do Mundo de 2022
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Alô Qatar 2022! O Brasil carimbou o passaporte para a Copa do Mundo ao vencer a Colômbia, por 1 a 0,  na Neo Química Arena, pela 13ª rodada das Eliminatórias. Lucas Paquetá marcou o gol na 50ª vitória do técnico Tite sob o comando da seleção brasileira. Foram 139 gols marcados e 24 sofridos.

Falta de criatividade

Início duro, truncado e faltoso. Os Cafeteiros tinham mais posse, mas eram pressionados pelos comandados de Tite, que orientava bastante na beira do gramado. A seleção tentava jogar pelo meio. Entretanto, os colombianos levaram a melhor, congestionando com suas linhas de marcação. A solução veio na enfiada de Fred. O volante encontrou Lucas Paquetá na área. Ele tentou um voleio e mandou à esquerda do gol.

Aos 35’, Raphinha avançou em velocidade, acionou Danilo na linha de fundo. O lateral buscou o cruzamento, a bola desviou na zaga e morreu na trave. Os visitantes não deixaram barato e chegaram com perigo. Cuadrado ajeitou para Luis Díaz na entrada da área. O atacante emendou de primeira, passando perto do gol. Em primeiro tempo marcado por 23 faltas, a bola parada quase deu uma animada. Após escanteio, subiu bem e cabeceou no canto, tirando tinta da trave.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Mudanças salvadoras

Na volta do intervalo, Tite colocou Vinicius Junior no lugar de Fred. Dessa forma, Paquetá saiu da ponta e atuou pelo meio. A transição ofensiva permanecia lenta. Assim, a oportunidade veio na cobrança de falta. Neymar cobrou por fora da barreira. Ospina se esticou todo e salvou com uma das mãos. Visando melhorar o ataque, o comandante brasileiro promoveu as entradas de Matheus Cunha e Antony nos lugares de Gabriel Jesus (bastante apagado) e Raphinha. Aos 23’, a dupla fez boa jogada.

Antony ficou no um contra um, se livrou da marcação e lançou na área. Cunha cabeceou com perigo por cima do gol. Os ponteiros do relógio andaram, junto com ele, a melhora da equipe verde e amarela. Pressionando a Colômbia em seu campo de defesa, sucesso para euforia nas arquibancadas. Marquinhos fez a interceptação e acionou Neymar na entrada da área. O camisa 10 tocou de primeira, na projeção de Paquetá. O atleta do Lyon finalizou no canto. Ospina até desviou, mas viu as redes serem balançadas.

Classificação e próximos jogos

Líder absoluto, o Brasil chega aos 34 pontos, com 11 triunfos e um empate. Por sua vez, a Colômbia é a quinta colocada, tendo 16.

Na próxima terça-feira, a seleção brasileira encara a Argentina, no Estádio San Juan del Bicentenario, às 20h30 (de Brasília). Já os Cafeteiros irão medir forças contra o Paraguai, no Metropolitano Roberto Meléndez, um pouco mais cedo, às 20h (de Brasília).

VAVEL Logo