Bahia empata com Cuiabá e se mantém no Z-4 do Campeonato Brasileiro
Felipe Oliveira / EC Bahia 

Com a Arena Fonte nova lotada, o Bahia não saiu do zero contra o Cuiabá em partida válida pela 34° rodada do Campeonato Brasileiro de 2021, frustrando os torcedores que compareceram no estádio. Com esse resultado o Tricolor de Aço se mantém na zona de rebaixamento na 17° posição, com 37 pontos e com dois pontos a menos que o Juventude o primeiro time fora do Z-4. Já o Dourado fica no meio da tabela, na 11° colocação, dentro da zona da Sul-Americana, com 43 pontos. 

  • Primeiro tempo de gols anulados 

Mesmo jogando fora de casa, o Cuiabá começou melhor a partida e pressionando mais o Bahia, que se resumia as subidas de Nino Paraíba e sofria com a falta de entrosamento. Aos 17, o visitante chegou com o Max que finalizou com perigo depois do rebote do goleiro Danilo.

Aos 21 a primeira polêmica, Rafael Grava chutou e a bola entrou, mas o VAR chamou o árbitro que alegou impedimento e o juiz anulou. Aos 38, mais uma polêmica, em cabeceio de  Jenilson para o gol de Danilo, o árbitro viu falta em Nino Paraíba e o gol do Cuiabá foi mais uma vez anulado, com isso o primeiro tempo não saiu do zero e com a torcida tricolor vaiando o time.

  • Segundo tempo de poucas emoções 

O segundo tempo começou mais truncado e com poucas chances dos dois times. E foi somente aos 25 minutos que o Bahia chegou com o Rossi, que chutou de longe levando perigo ao gol de Walter que fez boa defesa. Aos 30', Rodriguinho ganhou uma bola dividida e finalizou de fora da área levando perigo.

Com o placar desfavorável o Tricolor de Aço se lançou para o ataque na parte final do jogo. Para isso o técnico Guto Ferreira transformou o time mais ofensivo com a entrada do velocista Ronaldo, mas quem teve a chance mais clara da partida foi o colombiano Rodallega que recebeu o cruzamento na medida e cabeceou no travessão. O Rodriguinho ainda tentou no último minuto com um giro de corpo, mas finalizou por cima do gol. Com isso os dois times não sairam do zero e o time baiano saiu de campo debaixo de vaias.

VAVEL Logo