Sergipe zera dívidas trabalhistas em busca de reestruturação
Foto: Divulgação / CSS

Clube mais tradicional do estado, o Sergipe se viu de mãos atadas ao ver seu rival, o Confiança, se estruturar e chegar à Série B do Brasileirão em 2020. Mergulhado em dívidas, o Gipão chegou a ver alguma de suas cotas e verbas bloqueadas por conta de dívidas trabalhistas.

A partir de 2019, a diretoria começou seu planejamento para tornar o Sergipe um clube livre das dúvidas trabalhistas e assim ter mais ar para organizar as temporadas seguintes. 

Depois de dar seguimento aos planos desde 2019, o Sergipe chegou ao fim de suas dúvidas trabalhistas no fim de 2021. E na última sexta-feira (11), o Gipão divulgou que "hoje o clube não possui mais dívidas em ações de trabalho e caminha para igualmente zerar suas dívidas fiscais e tornar o Vermelhinho cada vez mais forte e estruturado para seu presente e futuro enquanto Clube Esportivo".

Dívidas trabalhistas e fiscais são diferentes. As trabalhistas foram zeradas, mas algumas fiscais ainda perduram. No entanto, zerar uma parte das pendências já permite uma organização maior do clube, que deve colher os frutos disso a partir da próxima temporada.

VAVEL Logo