Tite confirma que deixará Seleção Brasileira após Copa do Mundo
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Treinar a Seleção Brasileira não é um cargo que qualquer técnico pode assumir. Aliás, poucos têm esse rótulo. Atualmente, quem dirige o time nacional do Brasil é Adenor Leonardo Bachi. Mas esse "mandato" tem data para acabar: depois da Copa do Mundo no Catar. E quem afirma isso é o próprio treinador.

Em entrevista ao programa Redação Sportv na manhã desta sexta-feira (25), o treinador não escondeu que seu ciclo na CBF chegará ao fim no final deste ano.

"O meu ciclo… Eu tenho consciência exata da minha participação (na Seleção). (O meu ciclo) vai até o fim do Mundial. Não tenho por que mentir aqui", revelou Tite.

"É a oportunidade que eu tenho de desenvolver todos os trabalhos, é sobre as pessoas avaliarem e seguirem. E a gente tem que ter naturalidade para saber dessas sequências de trabalho e de vir um outro profissional. Não é o momento de falar isso, mas também não vou me omitir", concluiu o técnico.

Ao longo de sua passagem pela Seleção até o momento, Tite disputou 69 jogos. Conquistou 52 vitórias, 12 empates e cinco derrotas. Foi campeão da Copa América de 2019 e vice-campeão em 2021. Vale lembrar que ele ainda não foi derrotado nas Eliminatórias Sul-Americanas.

O principal revés do Brasil de Tite foi na Copa do Mundo de 2018, quando perdeu de 1 a 0 para a Bélgica nas quartas de final. 

VAVEL Logo