Ferroviária garante empate contra Flamengo pelo Brasileirão Feminino
Foto: Tiago Pavini/Ferroviária SA

Nesta segunda-feira (21), a Ferroviária empatou com Flamengo por 1 a 1, em partida válida pela terceira rodada do Brasileirão Feminino. Maria Alves abriu o placar para as Meninas da Gávea e Eudimila empatou para as Guerreiras Grenás.

Garra, vontade e intensidade

Início de partida eletrizante, na Fonte Luminosa. As donas da casa, desde o primeiro momento tomaram as rédeas da partida, fazendo ótimas trocas de passes e subindo bastante para o ataque. Logo no primeiro minuto de jogo tiveram uma grande chance, em bola nas costas da defesa, mas não rendeu finalização. Pouco depois, mais duas grandes oportunidades, uma delas num arremate dentro da área, explodindo no travessão e na sequência, uma tentativa de bicicleta que saiu pela linha de fundo.

Por grande parte do primeiro terço de partida, o Flamengo ficou recuado em seu campo de defesa, sofrendo a pressão Grená, que sufocava as atletas rubro-negras. No entanto, depois de dois erros de saída de bola, em momento que a superioridade era toda da Ferroviária, o terceiro foi fatal. Automaticamente, o Flamengo ligou um contra-ataque com vantagem numérica e Maria Alves recebeu, dominou e bateu no canto da Luciana. A bola ainda beijou a trave antes de balançar as redes.

Com o placar desfavorável, as Meninas da Gávea cresceram para cima da Ferroviária, que desestabilizada, continuava errando passes bobos e cedendo lances dramáticos para seus torcedores. Algumas chances foram criadas, mas nenhuma com real perigo. A confiança foi sendo resgatada e novamente, as Guerreiras Gernás tomaram as rédeas da partida. Apesar da posse de bola, as jogadas pareciam ansiosas, desesperadas em busca de um empate. Porém, somente quando acalmaram as jogadas voltaram a surtir efeito e trazer perigo.

Nos acréscimos da primeira etapa, em uma bola praticamente morta vinda de lançamento para a ponta direita, Carol Tavares colocou sua alma na jogada e evitou a saída. Conduziu a bola até a linha de fundo, cruzou para dentro da área e a defesa fez o primeiro corte. Para infelicidade da defesa, a bola caiu nos pés de Eudimila, que bateu mascado para empatar a partida.

Alto volume de jogo e falta de pontaria

A etapa final se reiniciou bastante intensa, pegada e brigada, com as duas equipes partindo para cima e descansadas. Ainda nos primeiros minutos, Carioca recebeu na ponta esquerda, ganhou na velocidade cortou para dentro e lançou para dentro da área. Eudimila dominou dentro da área, bateu pro gol e a bola desviou na defensora, seguindo para escanteio.

Apesar do alto volume de jogo, intensidade, movimentação, a partida não chegou a trazer grandes oportunidades de gol. Grandes jogadas eram impedidas de serem prosseguidas pela atenção das defensoras de ambas as equipes, que faziam cortes providenciais e mais tarde o desgaste físico passou a pesar.

Com as substituições mais ofensivas na etapa final, a partida voltou a trazer mais lances e conclusões de jogadas. Ferroviária chegava com mais perigo, mas num vacilo, cedeu contra-ataque para o adversário que quase conseguiu seu segundo gol. Pecando no último toque, na finalização, o jogo continuava em aberto e ia se desenhando um final dramático. Luciana conseguiu fazer grandes defesas, impedindo uma derrota em casa. 

Pouco mais tarde, chegando nos últimos minutos Aline Milene — que não estava numa boa noite — fez uma boa limpa na marcação, a defesa fez o corte errado e sobrou para a própria, dentro da área de frente pro gol. Kaká cresceu para cima da jogadora e impediu o gol da virada Grená no último segundo. Com isso, a partida terminou empatada.

Classificação e próximos compromissos

Com o empate, a Ferroviária assume a vice-liderança do Brasileirão, com sete pontos e levando vantagem no saldo de gols. Já o Flamengo, subiu para sexta posição, com cinco pontos.

A Ferroviária volta a campo no domingo (27), contra o Internacional na Fonte Luminosa, às 18h em confronto direto pela liderança. O Flamengo volta a campo na segunda (28), contra o Real Brasília no Luso-Brasileiro, às 20h.

VAVEL Logo