Paulo Sousa lamenta derrota em clássico e fala sobre Jorge Jesus pela primeira vez
 Foto: Divulgação/Flamengo

Na manhã deste domingo (08), o Flamengo perdeu por 1 a 0 contra o Botafogo. O duelo foi válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro 2022 e disputado no Mané Garricha, em Brasília/DF. Após o resultado negativo, Paulo Sousa reconheceu a irregularidade do time e lamentou as chances perdidas.

 Segundo o técnico, a equipe ainda está em reconstrução pois ainda há jogadores no departamento médico.

''Temos uma relação com o departamento médico muito boa, temos muita confiança no trabalho deles. Procuramos interagir todos os dias, perceber o que podemos fazer para melhorar e ter os jogadores sempre disponíveis. Não tendo, temos mais dificuldades e instabilidades no processo. Até porque, sem a possibilidade de trabalhar, como o Botafogo teve durante a semana, conceitos, estratégias e poder aliar a participação de alguns jogadores, torna-se um agravante. A grande maioria das lesões são articulares ou lesões que não são muito normais.''

Paulo Sousa lamentou sobre o fato de a equipe não ter conseguido sucesso nas  chances criadas e resulta-las em gols.

''Hoje tudo fizemos para sairmos vencedores. Temos que continuar mantendo o índice ofensivo como hoje, mas mais efetivos para conseguir as vitórias. Temos que melhorar nossa organização defensiva, porque nossas transições são bastante boas. Sempre que baixamos o bloco, temos que ser ainda mais consistentes. Nós tivemos várias oportunidades bem claras, um volume bastante grande. Criamos oportunidades, fizemos o gol, foi anulado. Tivemos várias oportunidades bem claras para sair daqui com uma vitória -afirma.''

Nos últimos dias a situação nos bastidores rubro- negro ficou agitada após uma declaração do ex-técnico Jorge Jesus. Em entrevista, ele afirmou querer voltar a comandar o time  e que teria até o próximo dia 20 para definir. Na coletiva após o jogo, Paulo Sousa comentou as declarações de Jorge Jesus.

''Em relação ao Jorge é um treinador que eu respeito, respeito a história do Flamengo, respeito a importância dessa história e respeito aquilo que o Jorge foi no Flamengo em 2019, o que ele conseguiu. Ao Jorge, especificamente, só peço a Deus que o abençoe, a ele e sua família, e que, muito sinceramente, do fundo do meu coração, que tenha saúde, paz, sobretudo consigo mesmo, e sucesso"

VAVEL Logo