Presidente do Corinthians fala sobre negociações por reforços após jogo contra o Santos
Foto:Divulgação/Zenit

Após o empate em 0 a 0 contra o Santos, pela 14ª rodada do Brasileirão 2022, o presidente do CorinthiansDuílio Monteiro, falou com cautela sobre a possível contratação de Yuri Alberto, centroavante do Zenit, que deve chegar por empréstimo até julho de 2023.

O diálogo com o jogador realmente existiu, mas não deu detalhes sobre a conversa, e que ainda falta o ''sim'' de todas as partes.

"Não quero entrar em detalhes da negociação, porque isso pode atrapalhar o negócio e criar uma expectativa na torcida, a gente tem bastante pé no chão. O que falta é a negociação acontecer, o ''sim'' das partes. Existe um caminho, existe a vontade, mas falta tudo, e  o ''ok'' de todas as partes para que a gente possa sentar na mesa e finalizar uma contratação", afirmou o dirigente.

"Só quero falar com o desfecho, às vezes as coisas mudam no meio do caminho. A torcida está ansiosa, nós também, mas não quero criar uma expectativa e prefiro não falar nesse assunto até concluir, e se Deus quiser, com sucesso", completou.

E outros reforços?

O presidente comentou sobre outros possíveis jogadores que foram relacionados ao time, como Valbuena, zagueiro paraguaio que já passou pelo Timão hoje é do Dínamo Moscou, além do volante Erick Pulgar, que é da Fiorentina e atuou pelo Galatsaray por empréstimo.

"São atletas que a gente observa, nada além disso. Com o Balbuena, temos uma relação boa, um contato, mas ele segue no clube (Dínamo Moscou), e não dá pra especular nada. Infelizmente não da pra ter tudo, mas passo a passo vamos melhorando o time. Fazer todo o esforço necessário para trazer mais qualidade ao elenco", afirmou.

"Estamos bem próximos de uma janela de transferências, é momento de falar muitos nomes. Já deixamos claro que buscamos duas ou três peças para equilibrar nosso elenco, mas não tem nada avançado com nenhum desses atletas".

Duílio ainda afirmou que o torcedor pode ter certeza que estão trabalhando muito para ter o Corinthians cada vez mais forte:

"Estamos trabalhando bastante, nosso time melhorou muito de uns anos pra cá, brigando por campeonato, nossos ''miúdos'' vem evoluindo muito, nos ajudado, e o torcedor pode ter certeza que a gente vai continuar trabalhando pra ter o Corinthians cada vez mais forte, mas com responsabilidade e pés no chão, que é o que a gente vai fazendo nesse último um ano e meio", declarou. 

VAVEL Logo