Náutico perde pênalti, empata com Criciúma e deixa Z-4 da Série B
Foto: Divulgação/Série B

Em mais um jogo com expulsão e muita emoção no Campeonato Brasileiro da Série B, o Náutico recebeu o Criciúma na noite desta quarta-feira (29) no estádio dos Aflitos e empatou por 1 a 1. Léo Costa fez o gol dos visitante, enquanto Bruno Bispo deixou tudo igual.

O resultado foi de suma importância para o Náutico, que chegou aos 15 pontos. Apesar de não ter conquistado os três pontos, ultrapassou o CSA na classificação e deixou a zona do rebaixamento. Além de disso, não contou com o goleiro Lucas Perri e o meia Jean Carlos, que estavam suspensos. Para o Criciúma o placar foi ruim. A equipe catarinense chegou aos 20 pontos e perdeu a chance de subir para quinta colocação da competição.

O jogo foi muito movimentado, com muitas faltas, catões e finalizações. Aos 18', Geuvânio recebeu ótimo lançamento, saiu na cara do goleiro e bateu por cima, desperdiçando a primeira grande oportunidade do confronto. 

O Criciúma quase marcou aos 30', quando Felipe Mateus cruzou na área e Lucas Xavier apareceu na segunda trave sozinho para desviar e mandar para fora. O Tigre abriu o placar no lance seguinte, quando Felipe Mateus cruzou e Léo Costa mandou de cabeça para o fundo do gol. Aos 36', Geuvânio cobrou escanteio e Richard Franco subiu sozinho para cabecear. A bola saiu com perigo pelo lado direito.

 Foto: Celso da Luz/Criciúma
Foto: Celso da Luz/Criciúma

O Timbu teve a chance de empatar aos 43', quando Amarildo cruzou na medida para Richard Franco, que na marca do pênalti e livre de marcação, finalizou e Gustavo fez uma grande defesa para evitar o gol do Náutico. Aos 45' o time pernambucano chegou ao empate. Geuvânio recebeu na direita, levou para o meio e finalizou. A bola pegou na defesa e sobrou para Bruno Bispo dento da área, que girou e bateu no canto direito para deixar tudo igual no Recife.

Aos 49', Pedro Vitor sofreu falta dura do Arilson dentro da área e o árbitro marcou pênalti. O mesmo cobrou com paradinha e fraco, mas o goleiro Gustavo mergulhou para defender e salvar o Criciúma.

A primeira boa chegada no segundo tempo foi do time visitante. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Léo Costa, que bateu colocado no canto esquerdo para tirar tinta da trave do Náutico. A equipe comandada por Roberto Fernandes ficou com um a menos quando aos 17', João Paulo fez falta dura no Rômulo e foi expulso. Aos 28', Thiago Alagoano arriscou de longe, a bola desviou na marcação e quase morreu dentro do gol alvirrubro. O Criciúma ainda tentou o gol da vitória aos 42', quando Arilson desviou cruzamento dentro da pequena área e Renan defendeu.

As duas equipes só voltam a jogar no próximo sábado (2). O Criciúma viaja até o interior de São Paulo para jogar contra o Ituano, às 16h. O Náutico recebe o Novorizontino, às 18h30.

VAVEL Logo