Cruzeiro controla, bate Tombense no Mineirão e aumenta vantagem na liderança
Foto: Divulgação/Cruzeiro

O Cruzeiro demonstrou mais volume e controle do jogo. O resultado também veio no placar, na vitória de 2 a 0 sobre o Tombense, pela 22ª rodada da Série B. Apesar do alto domínio, os gols saíram apenas no segundo tempo com participação de Daniel Júnior nos dois gols - assistência e bola na rede - e Bruno Rodrigues marcou o outro. 

Tempo de um time

A Raposa começou o jogo sufocando e deixando o Gavião encurralado em seu campo de defesa. O respiro dos visitantes vinham com chutão para longe, além da faltas para matar as jogadas. Contudo, a bola parada serviu para aumentar ainda mais as ameaças. Chay cobrou falta buscando o canto e balançou a rede pelo lado de fora.

Em outra chance, Bruno Rodrigues cobrou falta ensaiada com Chay, que levantou na área. Luvannor apareceu bem na costa de Keké, mas não conseguiu alcançar. A equipe da casa usava bastante suas extremidades. O meio estava congestionado. Bidu levantou da esquerda, Bruno Rodrigues dominou dentro da área. O atacante demorou demais para tomar uma decisão. A zaga tira parcialmente. Chay pegou o rebote e isolo. Zé Ivaldo resolveu fugir do panorama ao soltar uma bomba de longe. Felipe Garcia defendeu em dois tempos.

O volume estrelado era muito superior, que por sua vez, o Tombense não chegava ao gol de Rafael Cabral. Apesar de tanto volume, a bola teimou em não entrar no primeiro tempo. Luvannor recebeu na entrada da área, protegeu e tocou para Neto Moura, ele mandou com perigo rente à trave esquerda.

Foto: Divulgação/Cruzeiro
Foto: Divulgação/Cruzeiro

Intensidade gera vitória

O cronômetro nem chegou a marcar um minuto e a equipe estrelada deu  aquela chegada. Filipe Machado aproveitou o afastamento da defesa, arrematou sem deixar a bola encostar no chão, no qual passou bem perto do gol. Após insistência, a redonda resolveu entrar. O Cruzeiro pressionou e o Tombense errou na saída de bola. Daniel Jr enfiou Bruno Rodrigues na área, que balançou as redes.

Com o resultado adverso, o Gavião subiu as linhas de marcação, visando afastar os adversários da sua meta e o jogo passou a ficar mais aberto. Pouco adiantou. A ótima visão de Neto Moura, que deu uma cavadinha para Bidu. O lateral cruzou rasteiro, Daniel Jr dominou com categoria e encheu o pé para ampliar. O terceiro não entrou devido a defesa de Felipe Garcia. Bruno Rodrigues rolou para trás, Luvannor chegou batendo e o goleiro segurou firme. Do outro, assistindo boa parte do jogo, Rafael Cabral mostrou eficiência na sua única defesa. Ciel recebeu lançamento na área, desviou de cabeça e o camisa 1 fez milagre com uma das mãos.

Situação

O Cruzeiro aumenta sua vantagem na liderança para 49 pontos, nove a mais que o Bahia, segundo colocado, e 16 para o primeiro time fora do G-4. Já o Tombense caiu para o sexto lugar, com 32.

Próximos jogos

Os times fazem parte do grupo de sete jogos que serão realizados na próxima terça-feira (9). Às 21h, o Cruzeiro visita o Londrina, no Estádio do Café. Um pouco mais tarde, às 21h30, o Tombense recebe o Vila Nova, no Estádio Soares de Azevedo.

VAVEL Logo