Jorginho elogia concentração e postura do Atlético-GO após classificação na Sul-Americana
Robson Mafra | AGIF

Após vitória do Atlético-GO diante do Nacional do Uruguai, por 3 a 0, nesta terça-feira (9), o técnico Jorginho, destacou as variações táticas apresentadas pelo time na vitória que deu a classificação ao time. O Dragão marcou pressão, conseguiu abrir o placar, baixou as linhas e ainda produziu para fazer mais dois gols, conseguindo classificação inédita às semifinais da Copa Sul-Americana

"A gente sabia que 1 a 0 é um resultado muito perigoso, naturalmente é uma pequena vantagem, mas é perigoso se você automaticamente se retrai e baixa as linhas de marcação. Desde o início, falamos que marcaríamos linha alta e a questão do lateral foi uma lembrança do nosso auxiliar técnico e da área de analista de desempenho, que é o Bebeto. Agradecer ele por isso. Saímos na frente, jogamos estrategicamente sem baixar muito as linhas, aproveitando os desespero deles. Então, a equipe foi extremamente inteligente. Realmente parece uma equipe muito copeira", avaliou o treinador.

"Foi brilhante", diz técnico sobre Luiz Fernando

O autor de dois dos três gols da partida, Luiz Fernando foi mais uma vez destaque da partida. Apesar disso, o jogador acabou expulso no final da partida e Jorginho falou sobre o desempenho do jogador.

"Tenho que ver de novo, ele falou que protegeu, mas foi na altura do peito, não foi no rosto e o árbitro tomou a decisão de expulsá-lo. A gente respeita, mas a atuação dele foi brilhante. Lamentável ele ter sido expulso, porque não merecia uma situação como essa. O Luiz está de parabéns, é um jogador importante, que tem identificação forte, é da casa e ele demonstrou isso", destacou.

Perguntado também se a atuação do Atlético nesta noite beirou a perfeição, o técnico Jorginho preferiu não adjetivar assim. Na opinião do treinador, o jogo mais importante do duelo foi o de ida, ocorrido em Montevidéu, no Uruguai.

"Nosso resultado lá determinou exatamente a postura da equipe deles aqui e a nossa. O jogo lá foi fundamental para nós. Nós não fizemos tanta força como eu imaginava. Sinceramente, eu não esperava ganharmos de 3 a 0, difícil pensar em uma situação como essa contra o Nacional, mas creio que isso aconteceu porque nós, o tempo todo, estávamos concentrados".

O que vem por aí

O Atlético-GO volta a campo no sábado (13), quando visita o Botafogo pela 22ª rodada do Brasileirão. O jogo será no estádio Nilton Santos, às 21h. Na competição, o Dragão ocupa a 19ª posição, com 20 pontos, e luta para sair da zona de rebaixamento.

VAVEL Logo