Mano comenta sobre ausência de Edenilson diante do Fluminense: "Não podia estar aqui"
Ricardo Duarte/SC Internacional

No domingo (14), o Internacional recebeu o Fluminense em casa pela 22º rodada do Brasileirão. O time da casa goleou o visitante por 3 a 0, com gols de Bustos, Alemão e De Pena.

O Colorado foi eliminado na última quinta-feira (11), para o time peruano Melgar, nos pênaltis, após perder 3 seguidos. Um dos batedores foi Edenilson, muito criticado pela torcida após a partida válida pela Copa Sul-Americana. Diante do clube carioca, o jogador ficou de fora do confronto.

Em coletiva de imprensa, o técnico da equipe gaúcha comentou sobre a possível saída do camisa 8, que ainda não há nada definido e até o momento não houve a conversa após o jogo que terminou recheado de críticas.

"Não conversamos sobre isso desde quinta, não era a hora. Ele não foi relacionado porque não podia estar aqui, isso valeu pro Kaique (Rocha). Na quinta, todos queriam colaborar e foram para o sacrifício. O resto (sobre a saída do jogador) é tudo especulação, e sobre especulação eu não falo", relatou Mano Menezes.

O treinador também se manifestou sobre as vaias da torcida presente no estádio antes da partida, para Edenilson e outros atletas do time.

"Algumas semanas atrás, Daniel também era criticado. Agora, não temos mais uma palavra sobre isso. Temos que responder dentro de campo, não temos que achar ruim. Não temos nada pra reclamar, matamos no peito, saímos pro jogo e entregamos um jogo como o de hoje. É a resposta que temos que dar".

Agora, o Internacional tem foco somente no Campeonato Brasileiro, e nele, irá jogar fora de casa diante no Avaí, na segunda-feira (22), às 20h.

VAVEL Logo