"Não é falta de trabalho", diz Cuca sobre momento ruim do Atlético-MG
Foto: Reprodução / Galo TV

Na tarde deste sábado (20), o Atlético-MG sofreu nova derrota no Campeonato Brasileiro. Em partida válida pela 23ª rodada da competição, a equipe foi derrotada em casa pelo Goiás, placar de 1 a 0. Após o duelo, o técnico Cuca precisou dar explicações sobre o desempenho da equipe.

  • Falta de confiança

Perguntado sobre a queda brusca de desempenho do time super campeão do ano passado para o quadro atual, o treinador citou as recentes eliminações na Copa do Brasil e Libertadores, e o impacto que ambas causam no emocional do elenco, o que mina a confiança e dificultaria o desempenho nas ações. 

Cuca também citou que pelo volume de jogo apresentado, poderia ter tido sorte melhor.

"Hoje pelo volume que teve, principalmente no primeiro tempo, era pra ganhar, e ganhar bem", afirmou.

Questionado sobre a possibilidade de mudanças, respondeu.

"Mesmo na derrota você consegue tirar conclusões do jogo. As vezes a gente vê um jogador num momento ruim, numa má fase e de repente ele faz falta mesmo nessa má fase. A gente tem que entender isso, quem sabe isso possa reatar um pouco da confiança que a gente tem que passar para o jogador", disse.

Quando o assunto foi o processo de recuperação após mais uma derrota, Cuca não fugiu da resposta.

"Não é fácil você trabalhar o emocional. Não adianta passar a mão e dizer que está tudo bem, porque não está. Então é trabalhar, o pouco à mais que você pode melhorar, você tem que melhorar."

O técnico também foi questionado sobre a fase vivida pelo atacante Hulk.

"Ele é importante demais pra nós, ele foi importante demais ano passado e continua sendo. A gente tem que passar essa confiança pra ele, com palavras, com trabalho. E como todo jogador tem dias que as coisas não vão bem e tem os companheiros para substituí-lo."

Também foi levantado o tema do que mais estaria incomodando Cuca no momento atual, e assim o treinador respondeu.

"O momento que o time vive. Em que não está conseguindo transformar em gol 10% das chances que tem. Se hoje você transforma 10% você faz 3 gols. A gente não está tendo a calma, a tranquilidade de definir uma jogada. Não é falta de trabalho, você pode ter certeza."

Cuca concluiu ao falar sobre o que o Atlético-MG espera daqui para o final da temporada, afirmou que é preciso manter a confiança e a esperança apesar da distância para o líder do campeonato, e que se apega em uma possível arrancada.

VAVEL Logo