"Tivemos oportunidades suficientes para ganhar o jogo", diz Luís Castro após novo tropeço do Botafogo
Vitor Silva | Botafogo 

Na manhã deste domingo (21), o Botafogo empatou diante do Juventude, por 2 a 2, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, em Caxias do Sul, no Alfredo Jaconi. Após o jogo, o técnico português Luís Castro destacou a quantidade de chances claras desperdiçadas.

"Tivemos oportunidades suficientes para ganhar o jogo. Vínhamos com o objetivo de vencer e, no primeiro tempo, fizemos com menos intensidade do que no segundo tempo. Fomos uma equipe ofensiva com maior vinco ofensivo na segunda etapa. Não conseguimos encontrar o caminho, porque o Juventude estava atrás. Tivemos algumas oportunidades e o segundo tempo teve mais intensidade do que no primeiro. Não conseguimos ganhar, infelizmente".

O técnico Luís Castro também ressaltou a dificuldade na temporada devido a reformulação do elenco.

"Sabia que seria uma temporada difícil. Construir uma equipe é difícil. É um time que tem sido construído aos poucos e a chegada de jogadores dificulta sempre o coletivo. Temos algumas oscilações e vamos continuar a ter. Os jogadores que entram vêm em diferentes patamares de condição. O Júnior vinha jogando normalmente, Danilo não jogava há muito tempo, Gabriel treinava, mas não jogava, e o Rafael está em condições mínimas de jogo. Tenho opções diferentes, com jogadores que entraram mais no jogo do que outros", comentou.

O Botafogo tem 27 pontos e ocupa a 14ª colocação do Brasileirão, com quatro pontos de vantagem para o Z-4. O time agora foca no clássico do próximo domingo (28), contra o Flamengo, às 18h, no Estádio Nilton Santos.

VAVEL Logo