Criciúma prevalece jogando em casa e vence duelo local contra Chapecoense na Série B
Foto: Celso da Luz / Criciúma

No duelo catarinense pela Série B 2022, deu Tigre. Neste domingo (25), o Criciúma venceu a Chapecoense por 2 a 0, no estádio Heriberto Hülse, e mantém um sonho de acesso à elite, enquanto o Verdão do Oeste se aproxima do Z-4 com a derrota. Na primeira etapa, Hygor colocou os mandantes na frente e, no segundo tempo, Fellipe Mateus, de pênalti, fechou o placar. 

Tigre larga na frente

O Criciúma começou tomando as ações e tentando avançar as suas linhas, mesmo encarando uma forte marcação da Chape. Diante disso, poucas finalizações aconteceram no início de jogo. 

Mesmo com toda pressão, quem teve a melhor conclusão foram os visitantes. Perotti recebeu na entrada da área e mandou uma bomba no canto, mas Gustavo fez uma ótima defesa para escanteio. No lance seguinte, a Chape foi castigada. Em levantamento na esquerda, Hygor tentou de cabeça na primeira, a bola bateu na trave e voltou no pés dele mesmo, que de voleio mandou para as redes: 1 a 0.

Após o gol, o jogo se acalmou e a Chape teve apenas uma cobrança de falta perigosa. Alisson bateu na meia direita e a bola passou muito perto do travessão, portanto terminando com a vantagem dos donos da casa.

Tigre faz o segundo e garante os três pontos

A Chape começou com tudo a etapa final e, com apenas, um minuto fez uma verdadeira blitz. Perotti aproveitou a bola alçada na área e na hora de chutar foi desarmado, Maílton pegou a sobra e de primeira bateu na linha de fundo. No lance seguinte, Thomas arriscou quase do meio do campo e Gustavo espalmou para escanteio.

Mesmo com o jogo equilibrado, o Verdão continuava chegando com perigo. Em um desses lances, Felipe Ferreira recebeu o levantamento e de cabeça mandou na rede pelo lado de fora. Aos 19, em lançamento preciso, Hygor pegou sozinho e chutou de perna esquerda, mas Saulo defendeu e afastou para escanteio.

O tempo foi passando e os donos da casa seguraram o abafa do time visitante e, tratou logo de fechar o caixão. Em um lance polêmico, Victor Ramos tentou pegar a bola e derrubou o Fellipe Mateus. O árbitro, convicto, marcou a penalidade. O mesmo foi pra cobrança e bateu com categoria no canto direito: 2 a 0. Daí para frente, o Tigre apenas administrou a vantagem e confirmou a vitória muito importante para as pretensões no campeonato. 

Sequência

Na nona posição, com 43 pontos, o Criciúma fica cinco atrás do G-4. O próximo compromisso será outro duelo catarinense, desta vez contra o Brusque, no sábado (1º). Já a Chapecoense ocupa a 15ª posição, ficando três pontos acima do Z-4. O confronto seguinte será diante do Bahia, fora de casa, na sexta-feira (30). ​​​​​​

VAVEL Logo