Em jogo de sete gols, Náutico vence Tombense e ainda sonha com permanência na Série B
Foto: Divulgação / Clube Náutico Capibaribe

Teve de tudo confronto entre Náutico Tombense, no estádio dos Aflitos, nesta terça-feira (4): viradas, golaços e confusões. Mas, no fim, o Timbu saiu com a vitória por 4 a 3, pela 33ª rodada Série B 2022, e ainda busca um fio de esperança de se livrar do rebaixamento. A equipe mineira saiu na frente, os pernambucanos viraram para 3 a 1, porém os visitantes buscaram o empate e no segundo tempo, Jean Carlos fez um belo gol e garantiu o triunfo sofrido.

Náutico sofre susto, mas vira no primeiro tempo

Mesmo atuando fora de casa, o Tombense não sentiu a pressão da torcida e partiu para frente no adversário em situação complicada, com isso saíram na frente do marcador. O lateral David partiu pela esquerda e levantou preciso na cabeça de Wellington que mandou firma para a meta: 1 a 0. 

Não durou muito tempo a vantagem dos visitantes e logo em seguida já sofreram o empate. Victor Ferraz foi para a linha de fundo e levantou, quem apareceu foi o zagueiro Wellington que escorou de cabeça: 1 a 1. A partir desse momento, os donos da casa acordaram para o jogo e aos 30 chegaram na virada. Em cobrança de falta pela direita, Jean Carlos encontrou o Victor Ferraz e de nuca meteu nas redes: 2 a 1. 

Ainda deu tempo para o terceiro, nos minutos finais. O atacante Júlio arriscou de longe, o goleiro deu rebote. Everton Brito aproveitou e botou lá dentro. Ciel ainda perdeu um gol inacreditável com a trave escancarada, mas o placar se manteve mesmo no 3 a 1.

Tombense empata, mas Jean Carlos mantém Timbu vivo

Na volta do intervalo, o Tombense retornou mais aceso e se infiltrou mais na frente em busca de diminuir o prejuízo, onde tentava principalmente nas jogadas aéreas, porém sempre o goleiro Jean catava as finalizações. 

Entretanto, aos 19, finalmente que a equipe visitante foi premiado com a diminuição do resultado. Igor Henrique já tinha assustado no lance anterior em que arriscou de longe e a bola desviou para  escanteio, mas no lance seguinte não teve jeito. No levantamento, o próprio Igor cabeceou firme e descontou: 3 a 2.

E, aos 26, o Timbu sofreu o empate. Em cruzamento pela esquerda, João Paulo colocou o braço no caminho e o arbitro foi avisado pelo VAR, então ele marcou a penalidade. Na batida, Jean Lucas meteu firme no canto esquerdo: 3 a 3.

Apenas a partir da igualdade que o alvirrubro acordou para a partida. Em sobra de bola, Jean Carlos dominou e disparou rasteiro no fundo da rede: 4 a 3. Após a virada, o Gavião Carcará realizou uma pressão intensa no final, entretanto o Timbu soube se segurar e sustentou os três pontos, dando pelo menos um alento a sua torcida.

Sequência

O Timbu se mantém na lanterna, com apenas 30 pontos, sete atrás da saída do Z-4. O Náutico visita o Criciúma, na próxima sexta-feira (7). Já o Tombense despenca para a 12º colocação. O adversário seguinte será o CRB, em casa, neste sábado (8).

VAVEL Logo