Abel Ferreira fala sobre futuro no Palmeiras: "Não vou virar as costas para esses jogadores"
Foto: Divulgação / Palmeiras

O Palmeiras se tornou pela 11ª vez campeão brasileiro horas antes de golear o Fortaleza por 4 a 0, no Allianz Parque, na noite desta quarta-feira (2). Em uma atuação irretocável, o Verdão contou com um Dudu inspirado, Rony marcando duas vezes e a revelação Endrick indo para as redes e  dando números finais ao massacre, diante disso fazendo a festa com a torcida palmeirense. 

Em entrevista coletiva nos vestiários, o treinador Abel Ferreira exaltou mais uma conquista no currículo. Segundo, não irá desistir de seu time e nem dos jogadores que são totalmente responsáveis por essa taça alviverde. Ele ainda avisou que podem haver dispensa de alguns atletas, mas que a diretoria estará trabalhando para repor essas peças. 

"Uma equipe que bateu os recordes que bateu, que foi eliminado da Copa (do Brasil) como foi, que fez uma grande Libertadores, não vou virar as costas para esse jogadores. Uma ou duas mexidas que irão acontecer são pelas saídas, como o Scarpa e quem quer jogar mais. Para cada saída, teremos uma reposição. As medidas serão sempre a partir das saídas ou se vender, se não houver vendas não haverá mexidas", afirmou o comandante português.

Falando sobre sua sexta taça no Palmeiras, o técnico palestrino se diz orgulhoso e enalteceu o grupo todo, pois sem eles isso não seria possível. Abel também disse que desconhece de algum time brasileiro com tantas conquistas no últimos anos e que estão fazendo história. 

"Acima de tudo, um sentimento de orgulho e honra por pertencer a esse grupo de trabalho, de grandes homens. Disse que esse grupo foi montado para fazer história, não sei se existe no Brasil um time que ganhou tanto e esse grupo sempre buscar vender mais. Um grande orgulho fazer parte desse grupo", exaltou português.

Para concluir o treinador do Palestra falou sobre a joia  Endrick que no jogo de ontem marcou o seu terceiro gol da carreira. De acordo com ele, o técnico da categoria de base foi muito importante para o crescimento do jogador e confirmou que ele é um atacante fora da curva, prometendo uma bela carreira profissional. 

'Tudo que fizemos foi muito bem feito. Parabéns para o treinador da base, só nós soubemos o que tivemos que fazer para renovar seu contato, sou muito feliz pelas escolhas que fiz, está trabalhando há dois meses conosco, parabéns para a comissão técnica e o restante é mérito dele. É um jogador fora da caixa, muito educado e não é necessário dizer muita coisa. Tivemos uma conversa e disse para nunca esquecer de onde veio, se tiver isso na mente terá um futuro risonho", completou Abel Ferreira.

  • Sequência

Com a troféu já carimbado, o Palmeiras terá três jogos restantes daqui pra frente. O próximo compromisso será contra o Cuiabá, fora de casa, neste domingo (6).

VAVEL Logo