Autor do gol da vitória, Casemiro elogia atuação da Seleção contra Suíça: "Tivemos paciência"
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Em um jogo complicadíssimo, o Brasil enfrentou a Suíça no Estádio 974 e conseguiu a vitória com gol de Casemiro no segundo tempo. A vitória da última segunda-feira (28) confirmou a classificação da Seleção para as oitavas de final da Copa do Mundo.

Após a partida os jogadores da Seleção falaram sobre a vitória, elogiaram o gol de ‘Casão’, como é chamado Casemiro, e já projetaram a partida contra Camarões, na última rodada da fase de grupos.

Brasil no mata-mata já é realidade!

Thiago Silva, após a partida falou sobre a dificuldade de jogar contra a Suíça: “Não foi um jogo fácil. Estava um pouco mais calor do que no primeiro jogo. Eles tiveram um pouco mais de recuperação, jogaram à tarde. Nós jogamos à noite, e a gente sabe o quanto isso influencia. Então, o jogo ficou amarrado. Eles jogando pelo empate, no caso eles jogariam por outro empate no outro jogo para classificar, mas a gente queria a vitória. Porém, a gente controlava e com receio de errar o passe e tomar o contra-ataque. A partir do momento em que a gente faz o gol, o jogo muda que nem o jogo passado".

Thiago completou falando sobre a defesa do Brasil, que não só não sofreu gols, mas como também não sofreu chutes na direção do gol ainda na Copa do Mundo: “A gente vê nos outros jogos resultados surpreendentes que estão acontecendo. O legal de tudo é que a gente mantém a performance, uma parte defensiva sólida. Isso dá confiança lá na frente, tanto para os atacantes e mesmo para o Casão (Casemiro) ter um pouco mais de liberdade para finalizar da forma que foi”.

Thiago Silva entrando na partida (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Thiago Silva entrando na partida (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Casemiro, autor do gol, falou também sobre a dificuldade da partida e do grupo onde está o Brasil, além de analisar a partida: “Antes de começar a competição, nós sabíamos que o grupo é difícil. Nosso grupo é muito difícil. A Sérvia, no primeiro jogo, foi um jogo chato, uma seleção que sabe jogar, sabe propor o jogo. Hoje, outra vez a gente sabia que ia ser um jogo muito difícil. Então, o primeiro objetivo é classificar. Isso é importantíssimo, principalmente num grupo tão difícil que é o nosso. Acho que suportamos bem, tivemos paciência, um jogo chato, né? Eles são experientes, sabem jogar o jogo, um jogo de detalhe, a gente sabia que ia ter a bola para fazer o gol e, graças a Deus, a gente conseguiu fazer o primeiro gol. Primeiro foi no travessão. Hoje, tive a felicidade de fazer um grande gol, principalmente para ajudar a equipe, que é o mais importante”.

Rodrygo, que foi quem deu a assistência para Casemiro marca o golaço, falou sobre como foi a jogada do gol: “A gente jogou muito tempo ali. 'Casão' sempre passou muita experiência para a gente. E antes da bola chegar, eu falei pra ele deixa passar, aí ele deixou e logo depois ele ficou livre, devolvi, e ele foi muito feliz no chute. Então, é uma jogada que a gente fez durante muito tempo e hoje saiu aqui na Seleção. Eles estavam bem fechados ali, saíam tocando bem a bola também e colocaram muita dificuldade para a gente. A gente trabalhou, continuou tocando a bola, fazendo o nosso jogo, até que abriu o espaço e eu pude dar assistência ao Casemiro, e ele foi feliz demais no chute e graças a Deus a vitória”.

Rodrygo em atuação (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Rodrygo em atuação (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Próximos jogo e classificação do Brasil

O Brasil joga agora na sexta-feira (2), às 16h, quando enfrenta Camarões, tentando confirmar o primeiro lugar do grupo. No grupo G o Brasil lidera com seis pontos, ficando três acima da Suíça no momento e cinco acima de Camarões e Sérvia.

VAVEL Logo