Importante para Tite e elogiado por Cafu, Danilo tem números acima da média na temporada
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Titular absoluto na Seleção Brasileira e peça fundamental para o esquema tático do técnico Tite, o lateral-direito Danilo, da Juventus, faz uma temporada acima da média quando se trata de clube e seleção. O jogador tem números positivos no ano e busca coroar com o título da Copa do Mundo no Catar.

Desde o fim da era Daniel Alves na lateral-direita na Seleção Brasileira, Danilo assumiu de forma definitiva há anos e tem conrrespondido. Pela Juventus, são 21 jogos na temporada, sendo 19 como titular.

O jogador de 31 anos tem médias de 88% de passes bem sucedidos, 6,2 bolas recuperadas, 6,3 bolas interceptada, 4,7 divididas vencidas, 62% dos duelos conquistados e 63% das batalhas áereas vencidas.

No total, pela Juventus, o lateral é peça fundamental para o técnico Allegri. Em estatísticas contando todo elenco do clube italiano, Danilo é o primeiro em minutos jogados e em passes verticais. Segundo em bolas interceptada e também em chances claras que foram salvas. Único jogador do time “bianconeri” presente em todos os clean sheets nesta temporada. Sétimo em passes chaves, ou chances criadas.

Pela Seleção Brasileira, o atleta quebrou a desconfiança dos torcedores e virou dono da lateral nas Eliminatórias para Copa do Mundo. Danilo é o jogador mais utilizado na Era Tite, com 2.838 minutos disputados. Participou de 23 dos últimos 30 confrontos do Brasil. No total, o defensor tem 46 partidas pela Amarelinha.

O jogador tem sido alvo de elogios entre ídolos da Juventus, alguns que estão na imprensa italiana e outros ex-jogadores brasileiros, como o ex-craque e capitão do penta Cafu"Danilo é muito forte. Contamos muito com ele. Ele não sobe como eu, mas dá muito equilíbrio. É uma pena que se tenha lesionado. No seu lugar, penso que Tite colocará quem estiver em melhor forma", disse.

"Ele é o jogador com quem me dou melhor, apesar de jogar na mesma posição que eu. Nos damos bem porque, quando estamos juntos, combatemos a monotonia. Ele é uma pessoa de grande inteligência, que adora futebol. Ele é o único com quem posso falar sobre outras coisas, a conversa com ele é profunda, evoluída. Em campo somos diferentes, mas como o futebol não é jogado de uma só forma, todos podem ser úteis", comentou Daniel Alves.

"Danilo é a alma deste pequeno renascimento da Juventus. Não é coincidência que os resultados tenham mudado na liga desde que ele foi reconhecido como o líder emocional da equipa. Demonstrou em campo que é reconhecido como um líder, entre outras coisas com um pouco de ADN internacional, que é um pouco de ADN da Juventus'', disse Fábio Caressa, comentarista renomado da Sky Sports da Itália. Outro jornalista da televisão italiana, Giuseppe Bergomi, disse: "Danilo parece-me aquele futebolista que é sempre exemplar no seu comportamento. Onde quer que o ponhas, ele comunica bem. Não o conheço, mas ele dá-me a impressão de ser aquele jogador a quem nos podemos agarrar.''

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

"Não sei se o Cancelo é mais forte como jogador em campo, porque, como treinador, interessa-me ver que Danilo jogou como lateral esquerdo e direito, como médio no meio-campo, como defesa central numa defesa de quatro homens e como defesa central numa defesa de três homens. Gostaria sempre de ter um jogador como este na equipa, ele é um wild card indispensável. O português é extraordinário, possuidor de excecionais capacidades técnicas e pode chamar mais a atenção pelas suas jogadas, mas para a equipa prefiro sempre Danilo'', afirmou Alessandro Birindelli, ex-jogador da Juve.

O comandante da equipe do Danilo, Massimiliano Allegri, também elogiou o atleta "Na outra noite falei com Cuadrado, que na hierarquia da equipa é o vice-capitão, depois de Bonucci. Cuadrado estava a ficar demasiado nervoso ultimamente, estava a sentir-se demasiado responsável porque estava a ser assobiado pelas faltas que tem cometido e, por isso, ao falar com ele, disse-lhe que é melhor que Danilo seja o capitão porque ele é mais sereno. Juan estava calmo e sereno ao aceitar a escolha. Na hierarquia teria estado o Alex, mas ele aceitou que Danilo fosse o vice-capitão.'' Ainda o treinador: "Uma surpresa maravilhosa foi Danilo. É um campeão, um tipo muito inteligente e responsável que se coloca sempre à disposição da equipa. Já conhecemos os Bonuccis e os Chiellinis, mas Danilo tem sido realmente uma "descoberta", concluiu.

Andrea Pirlo, ídolo e ex-treinador da Juventus, elogiou a experiência do lateral: "Sim, ele é um jogador internacional, jogou pelo Real Madrid, jogou pelo City, por isso não é como se tivesse chegado à Juventus por acaso. Ele está a jogar ao seu nível e nós estamos a desfrutar das suas características.''

“Há algum tempo que vos digo que Danilo é um líder. Como jogador, ele surpreendeu-me ao longo dos anos: estava convencido de que ele era um jogador para estar na ala e correr, mas tem sido excelente em todas as funções: exceto goleiros, ele cobriu-as todas! Além disso, tem uma personalidade e uma inteligência que lhe permite arrastar os outros consigo", comentou Giorgio Chiellini, ex-companheiro de Danilo na Juventus.

Para completar, o treinador atual da Seleção Brasileira, explicou como enxerga o jogador dentro do grupo: "Danilo tem jogado muito bem nesta posição. Estou certo de que será um defensor no futuro, porque tem técnica, força e coragem. Ele é inteligente. Ele tem tudo. Ele pode jogar à direita, à esquerda e no centro: ter jogadores como este é importante". 

"Estou orgulhoso dos meus atletas, antes de mais pelo seu carácter. Sei o respeito que Danilo ganhou na sua carreira, tanto nos clubes onde jogou como na equipa nacional. Tudo isto se deve à sua concentração, ao seu profissionalismo. O que posso dizer sobre Danilo é que ele é um excelente profissional, com um nível muito elevado de preparação e concentração, para além das suas qualidades em campo, que são óbvias para todos", concluiu Tite.

  • Contra a Coreia do Sul

Danilo jogou a primeira partida da Copa do Mundo diante da Sérvia, mas se machucou, perdeu os últimos dois confrontos pela fase de grupos, mas se recuperou, voltou a jogar nas oitavas de final, atuando pela lateral-esquerda, já que Alex Sandro está em fase final de transição e Alex Telels foi cortado.

VAVEL Logo