O Flamengo foi eliminado nesta quinta (09) da Copa Libertadores da América ao perder para o Olimpia por 3 a 1 (o Rubro-Negro venceu a partida de ida por 1 a 0). Na saída do jogo, Gabigol deu entrevista à beira do campo e demonstrou irritação com a Conmebol.

Fala Gabigol!

"Estamos acostumados à pressão, jogamos com 60 mil no Maracanã quase todo jogo. É muito fácil apontar os erros. Ruim falar quando perde do juiz, mas ele inverteu as faltas, expulsou o treinador.... A Conmebol é aqui do lado (em Luque, no Paraguai), são muitas coisas que acontecem na Libertadores e vocês sabem. Falta no Wesley no terceiro gol, mas agora parece que está chorando."

O Flamengo saiu na frente com Bruno Henrique, logo aos seis minutos, mas permitiu a virada do time Paraguaio, que fez três gols de cabeça. 

Eliminado da competição continental, o clube é o vice-líder do Brasileirão e está a um empate na Copa do Brasil para chegar na final e defender o título nesta edição. 

O camisa 10 Rubro-Negro ainda na saída de campo, pediu desculpas a torcida e disse que entende a insatisfação da torcida com o resultado, e deixou claro como enxerga o tamanho do Flamengo.

"O Flamengo é movido a isso, movido a vitórias, mas em momentos difíceis temos que nos unir. Queremos sempre estar em finais, agora estamos perto da final da Copa do Brasil. Também vamos em busca do Brasileiro."

O autor dos gols do Flamengo no confronto, Bruno Henrique criticou a equipe na saída do gramado. 

"A gente não conseguiu jogar da forma que queríamos e merecíamos (a classificação). Conseguimos controlar o jogo, mas faltou atenção."

O camisa 27 ressaltou a dificuldade da competição, e pediu desculpas à torcida pelo resultado e eliminação.

"Libertadores a gente sabe que é muito difícil e eles conseguiram fazer 3 gols de bola parada. Me desculpar e vamos seguir em frente."

Agenda

O Flamengo volta a campo no próximo domingo (13), quando recebe a equipe do São Paulo, às 18h30, pelo Campeonato Brasileiro.