Na noite desta quarta-feira (18), o Grêmio recebeu o Athletico em Porto Alegre na Arena do Grêmio e foi surpreendido ao ser derrotado de virada pelo placar de 2 a 1. O argentino Besozzi fez seu primeiro gol com a camisa do Imortal, mas Zapelli e Kaique Rocha viraram para o Furacão e conquistaram os três pontos fora de casa.

A torcida gremista perdeu a paciência com a equipe e vaiou muito o time na saída de campo, os mais criticados foram Ferreirinha e Gabriel Grando, coincidência ou não ambos foram revelados pelos gaúchos.

Primeiro tempo argentino no sul do país

O Athletico teve a primeira grande chance do embate com Zapelli. Logo com dois minutos, Tomás Cuello cruzou na cabeça do camisa 10 que cabeceou na trave esquerda de Gabriel Grando e assustou a torcida gremista. A resposta do Imortal não demorou e veio em grande estilo. Na falha de Fernandinho na saída de bola, Cristaldo tocou mascado para Luis Suárez e a bola subiu. O craque uruguaio deu um tapa na bola com ela no ar e ajeitou para o argentino Lucas Besozzi que bateu forte de canhota rasteiro sem chances de defesa para Bento. O Tricolor Gaúcho abriu o placar em Porto Alegre.

Depois do gol dos donos da casa, o Furacão foi para cima em busca do empate e exerceu pressão na defesa do Grêmio. Tanto que Pablo chegou a balançar as redes, porém o centroavante estava impedido. O Rubro-Negro chegou a ter 65% de posse de bola e seis finalizações contra apenas uma dos mandantes.

Luisito Suárez teve uma grande chance de ampliar o placar a favor do Grêmio. Aos 35 minutos, Cristaldo puxou um excelente contra-ataque e acionou o Pistoleiro que saiu mano a mano com Bento, mas o goleiro do Furacão fez a defesa na tentativa de cavadinha do atacante. 

Se o Suarez perdoou, Bruno Zapelli não. Logo no ataque seguinte, Pablo deu um toque sensacional no meio de campo para Vitor Bueno. O meio campista do CAP avançou e achou Erick dentro da área, ele tocou de primeira para o argentino Zapelli que finalizou com um chute rasteiro no cantinho de Grando. 

O Athetico não parou por aí, Canobbio recebeu na entrada da grande área, girou e bateu de fora exigindo uma baita defesa do goleiro tricolor. O troco gremista veio com Iturbe que quase desempatou o confronto, mas foi travado por Esquivel. O paraguaio estava impedido no lance.

A primeira etapa terminou com números melhores para a equipe do Paraná. O Rubro-Negro teve 57% contra 43% para o Grêmio e realizou 11 finalizações contra apenas 3 do Imortal. Outro dado que chamou atenção foi a quantidade de escanteios para o CAP, um total de cinco contra nenhum ao Grêmio.

Bento parando Luis Suárez. Foto: Vinicius Saraiva da Rosa/Photo Premium/Gazeta Press
Bento parando Luis Suárez. Foto: Vinicius Saraiva da Rosa/Photo Premium/Gazeta Press

Enquanto tem bambu, tem flecha

Os primeiros 10 minutos da etapa final foram alucinantes. Renato Portaluppi promoveu três mudanças no intervalo: Galdino, João Pedro e Ferreirinha entraram nos lugares de Besozzi, Iturbe e Fábio. Surtiu muito efeito, principalmente com o camisa 10 pela ponta esquerda. Ferreirinha armou um verdadeiro salseiro e Cristaldo teve boa chance de fazer o gol e foi travado novamente pelo zagueiro Esquivel.

A partida mudou bastante de foco, o Grêmio cresceu no jogo e tentava desempatar o confronto. Ferreirinha de peito esteve muito perto de conseguir esse objetivo depois de jogada de Reinaldo. O prata da casa foi parado também por mais uma defesa de Bento.

Após os 15 minutos a partida caiu um pouco daquele ritmo frenético, as equipes já aparentavam cansaço e arriscaram bastante de longa distância, porém nenhuma com grande perigo. Com exceção do belíssimo chute de trivela de Cuello que tirou tinta da trave. O duelo ficou morno e nenhuma boa oportunidade para nenhum dos times, Suárez tentou de cabeça sem sucesso e Reinaldo acertou um difícil arremate de longe para a defesa tranquila do goleiro atleticano.

O confronto se encaminhava para o empate, pois o cenário não mudava dentro de campo. Até que surgiu um herói improvável do lado athleticano. No apagar das luzes, Ferreirinha cometeu falta na entrada da área em cima de Cuello. O zagueiro Esquivel cruzou na cabeça de Kaique Rocha, que tinha entrado no decorrer do jogo, ele subiu livre e testou para o fundo do barbante. O CAP virou a partida aos 49 minutos de jogo e levou os três pontos para Curitiba. Ainda deu tempo de Reinaldo ser expulso por cotovelada em Cuello e o lateral está fora do próximo confronto.

Tabela

Com a derrota jogando em casa, o Grêmio perdeu a chance de encostar no líder Botafogo. Os gaúchos ficam momentaneamente na terceira colocação com 44 pontos, pois o Palmeiras ainda jogará na rodada e possui a mesma pontuação dos sulistas. O Furacão subiu na tabela e chegou na quinta posição com os mesmos 44 pontos de Grêmio e Palmeiras, porém os paranaenses ficam atrás nos critérios de desempate.

Sequência

Para o Imortal resta juntar os cacos e pensar no duelo diante do São Paulo, no próximo sábado (21) no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi. Já o Athletico terá outro confronto fora de casa, dessa vez contra o Botafogo, também no sábado, no Estádio Nilton Santos.