O técnico Wesley Carvalho defendeu o goleiro Bento após a falha na derrota do Athletico por 1 a 0 para do Corinthians nesta quarta-feira, na Neo Química Arena, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O goleiro levou um frango, algo raro na carreira. Aos 18 minutos do segundo tempo, Yuri Alberto cabeceou, Bento errou a passada para defender e a bola passou por suas mãos.

Segundo Wesley Carvalho, o lance que originou o gol foi uma fatalidade e é necessário apoiar os atletas envolvidos. “Fatalidades acontecem. Foram erros em sequência. São grandes atletas, grandes profissionais. Esse é o momento de dar apoio a eles. Quantas vezes eles fizeram coisas boas para nós? Faz parte do jogo. Erros acontecem. Não vamos crucificar ninguém. Faltam sete jogos e vamos batalhar pelo nosso objetivo."

O Athletico dominou o jogo e teve chances de vencer o jogo, mas faltou eficiência na hora da finalização. Essa é a avaliação do técnico Wesley Carvalho após o revés diante do Corinthians. “Impusemos nosso ritmo de jogo, como o Athletico está acostumado. Não posso abrir mão de elogiar minha equipe, pelo fato de jogar, não ter medo de propor o jogo, por ter criado nove finalizações, sete escanteios. Em nenhum momento abrimos mão e fazer o nosso jogo."

Para o Wesley, o time poderia ter vencido se tivesse aproveitado melhor as oportunidades. “Hoje faltou um pouquinho de capricho nas finalizações. Tiveram momentos em que dava para ter servido o colega, colocar na cara do gol para matar o jogo e não fizemos. Tem que caprichar um pouquinho mais. Cada atleta precisa se cobrar mais para caprichar no último passe e na hora de finalizar ao gol."

  • Sequência 

Com a derrota, após cinco jogos de invencibilidade, o Athletico se manteve na sétima colocação, com 49 pontos. A distância para o G-4 aumentou, ficando mais difícil a classificação direta para a Copa Libertadores da América via Brasileirão. O Athletico volta a campo contra o Palmeiras no sábado, às 21h, na Arena Barueri, pela 32ª rodada do Brasileirão.

VAVEL Logo
Sobre o autor