Coritiba e Cruzeiro se enfrentaram na tarde deste sábado (11) pela 34ª rodada do Brasileirão Série A na Vila Capanema, em Curitiba. A equipe paranaense iniciou a rodada na 19ª posição, com 26 pontos, e com a vitória por 1 a 0 conseguiu mais três pontos na luta contra o rebaixamento. Já o Cruzeiro estava na 17ª posição, com 37, e, com a derrota, permaneceu entre os quatros últimos da tabela.

O jogo ainda acabou sendo paralisado pelo árbitro da partida, após membros da torcida do Cruzeiro e do Coritiba invadirem o gramado da Vila Capanema.

Primeira etapa morna e sem gols

A primeira etapa foi de poucas emoções finalizações sem muito perigo. O Cruzeiro foi quem conseguiu a maior posse de bola, porém acabou pecando nas finalizações do volante Machado aos 28 minutos, e também na melhor chance aos 39’ onde, após cruzamento de Matheus Pereira, Nikão parou na zaga Paranaense. 

Já o Coritiba teve apenas uma chance clara já no final da primeira etapa, onde após falha da zaga cruzeirense, Slimani recebeu a bola e ficou cara a cara com o goleiro Rafael que cresceu a frente do atacante e fez uma defesa importante salvando os mineiros. 

Gol e confusão no fim

O segundo tempo foi dominado pela equipe mineira, com uma forte pressão desde os minutos iniciais. Aos 8 minutos, após passe de Jussa, William finalizou de fora da área e após desvio na zaga do Coritiba, a bola pegou no travessão. Já aos 20, foi a vez de Matheus Pereira aparecer livre na área e finalizar de cabeça, forçando o goleiro Gabriel a fazer uma bela defesa. 

O Cruzeiro continuou pressionando a equipe paranaense, chegando até a marcar aos 34 minutos com o atacante Bruno Rodrigues, porém após consulta no VAR o arbitro Bráulio Machado anulou o gol, reacendendo a presença do coxa na partida.

O Coritiba cresceu na partida após a anulação do gol, e aos 45' após falta levantada na área Robson apareceu nas costas da zaga cruzeirense e finalizou de primeira marcando um belo gol e abrindo o placar para a equipe da casa.

Confusão generalizada

A partida ainda contou com uma paralisação em decorrência de uma invasão de torcidas organizadas das duas equipes. A organizada do Cruzeiro foi a primeira a invadir entrando no gramado logo após o gol, e a organizada do Coritiba entrou em seguida protagonizando um confronto entre ambas no gramado da Vila Capanema

Reprodução/Premiere
Reprodução/Premiere

Os jogadores foram rapidamente para o vestiário enquanto a confusão acontecia no gramado. A polícia teve que entrar em ação para dispersar os envolvidos.

Retomada e finalização da partida

A partida ficou paralisada por pouco mais de 25 minutos e havia sido interrompida no minuto 45. Após conversas entre o árbitro da partida, Bráulio Machado, e o delegado da partida foi tomada a decisão de continuidade e finalização dos minutos acrescidos pelo arbitro.

O resultado de 1 a 0 acabou se mantendo e o Coritiba conquistou uma vitória muito importante para a continuidade da luta contra o rebaixamento. Já o Cruzeiro se complicou com a derrota e ainda permanece entre as quatro ultimas posições do campeonato.

Sequência do Brasileirão

O Coritiba volta a campo no sábado (25) quando enfrenta a equipe do Fluminense no Rio de Janeiro. Já a raposa enfrenta o Fortaleza no estádio do Castelão no próximo sábado (18).

VAVEL Logo
Sobre o autor