No fim de tarde deste domingo (12), o Bahia recebeu a equipe do Athletico-PR na Arena Fonte Nova, em confronto válido pela 34° rodada do Campeonato Brasileiro. Após jogo dominado pelo mandante, Bahia empatou por 1 a 1 com o Athletico-PR, com gols de pênalti cobrado por Everaldo e de Canobbio em cabeceio na grande área.

  • Primeiro tempo:

Nos primeiros minutos de bola rolando, o Bahia começou pressionando a equipe do Athletico-PR criando boas jogadas pelo lado esquerdo do campo.  Aos 18 minutos, o Esquadrão de Aço tem sua primeira oportunidade de balançar as redes. O cruzamento de Biel, achou Thaciano na área que cabeceou e a bola parou nas mãos do goleiro Bento, para alívio do torcedor Atleticano Rubro-Negro.

Aos 28, Hugo Moura comete falta perigosa em cima do jogador do time baiano e recebeu o primeiro cartão amarelo do jogo.

Com a vontade de se afastar cada vez mais do fantasma da zona de rebaixamento, o Esquadrão foi superior e finalizou 9 vezes na primeira etapa do jogo, levando o torcedor tricolor a loucura. A equipe do Furacão não apresentou grande perigo para Marcos Felipe nos primeiros 45 minutos.

  • Segundo Tempo:

A segunda etapa começou eletrizante com chances claras para ambos os lados. A primeira oportunidade do Furacão apareceu em um contra-ataque. A bola caiu nos pés do atacante Canobbio que encheu o pé e finalizou exigindo uma boa intervenção do goleiro Marcos Felipe que espalmou a bola.

Sabendo da importância desses 3 pontos para busca de uma vaga na Libertadores, o Athletico intensificou seu ritmo ofensivo com a entrada de Vitor Bueno e Christian.

O canto da torcida cada vez mais alto empurrava o BAHÊA, que seguia avassalador para cima do Furacão. Encontrando espaço na defesa adversária, aos 18 minutos o cabeceio de Thaciano passou raspando a trave Athleticana.

Aos 24 minutos, em disputa de bola dentro da grande área, Esquivel cometeu falta em Gilberto, atacante baiano. Árbitro em cima do lance apontou penalidade máxima a favor do Esquadrão de Aço. Com fé no pé, Everaldo amplia o placar para o BAHÊA para a explosão de sua torcida na Arena Fonte Nova.

Próximo ao fim do jogo o Athletico cresceu no jogo e em cobrança de escanteio, Canobbio sobe sozinho cabeceia para o lado esquerdo do gol, igualando o placar para a equipe Athleticana. 1a 1 e fim de jogo.

  • Próximos confrontos:

Devido a pausa para a data Fifa, ambos os times retornam para os campos no próximo dia 25. O Bahia enfrentará o Corinthians na Neo Química Arena e o Atlhetico-PR enfrentará o Vasco em casa, na Ligga Arena.

Sobre o autor