O técnico interino César Lucena, não tinha muito o que explicar sobre sequência ruim do Leão, já que o mesmo só comandou a equipe em um jogo, do qual saiu a vitória por 4 a 1 sobre o Sampaio Corrêa, que não mudou muita coisa na tabela. Após o jogo, o técnico lamentou a frustração do acesso, e falou que agora o foco é buscar melhorias.

"De cabeça cheia assim, é difícil falar o que faltou. A gente vai parar, em casa, pensar. Se olhar a pontuação, faltou um ponto. Por um ponto, estaríamos na Série A."

O interino também reforçou que o trabalho será para corrigir os erros para a próxima temporada.

"Agora é juntar o que foi feito no ano, de bom, de ruim, o que precisa melhorar. Mas isso é com o tempo, pensando melhor, de cabeça fria."

Motivação e elogios aos seus comandados

O treinador falou várias vezes do trabalho que fez para motivar os jogadores para essa última rodada, ainda que com poucas chances de sair de campo com um acesso à elite.

"Falei da importância da partida. As chances eram remotas, mas falei que tínhamos chances. O jogo começando, 0 x 0 para todas as equipes, se a gente fizesse um gol no começo, estaríamos entre os quatro. Passei para eles acreditarem até o fim, entregarem tudo. Era o último jogo da temporada, para terminarmos com o pensamento que fizemos tudo que podíamos neste jogo".

Sobre os seus comandados, Lucena disse que eles conseguiram fazer uma partida leve e com muita gana.

"Conseguiram jogar "leves". Sem depender só de si, ele lembrou ao elenco que “a única coisa que poderiam fazer era trabalhar, aproveitar, desfrutar, fazer o melhor que podiam fazer."

"Eles jogaram com muita gana de querer vencer: esse era o objetivo. Eu disse que precisávamos terminar o campeonato vencendo, eram jogadores vencedores, conseguiram ganhar muitos jogos no ano. Mas precisávamos terminar vencendo, acontecendo os outros resultados ou não”, completou.

VAVEL Logo
Sobre o autor