Nesta terça feira (28), o Vasco perdeu de virada para o Corinthians jogando dentro de sua casa, pelo placar de 4 a 2. O jogo foi válido pela 36º rodada do Campeonato Brasileiro. 

A derrota coloca o Vasco em uma posição muito complicada na tabela. O time se encontra com 42 pontos e uma posição acima do Z-4, porém com um jogo a mais. O Bahia joga amanhã contra o São Paulo, que os vascaínos terão que torcer para não acabarem a rodada na zona de rebaixamento.


Fala Ramón!

Em uma partida de muitas viradas, o Cruzmaltino até chegou a abrir o placar e ter a vantagem no placar por duas vezes, ambas ainda no primeiro tempo. Porém levou a virada no segundo. O time de Ramón Díaz começou melhor que o adversário, mas foi recuando durante a partida, principalmente depois de marcar os gols. O treinador comentou sobre esta situação.

“É o que havíamos trabalhado e a proposta que vínhamos tendo há muito tempo. Jogando em casa a equipe sempre foi agressiva, fizemos dois lindos gols e poderíamos concretizar muito mais gols pela forma como jogamos. De repente, a equipe se retrai, e isso não é o que trabalhamos.“

Para Ramón, sua equipe se desesperou após levar a virada e não conseguiu mais desempenhar seu estilo de jogo. “Entramos em desespero, que não é o que a equipe costuma fazer. Fiz mudanças para criar situações, não fomos muito claros. Quando a equipe jogou, criamos situações, mas o futebol tem essa coisa.”

Não é a primeira vez que o Vasco sai na frente do resultado, mas não consegue segurar o resultado. Contra Cruzeiro e Goiás esta mesma situação também aconteceu. O técnico falou sobre um possível motivo para a equipe ter deixado mais um resultado escapar, dessa vez jogando em São Januário.

“Tivemos um bom início. E tivemos a possibilidade da vantagem. Creio que estávamos iludidos de ter um resultado positivo que nos permita sair dessa situação.“

Mesmo faltando apenas três rodadas e podendo acabar a 36º rodada na zona de rebaixamento, o treinador argentino afirma que o Cruzmaltino não irá cair. 
“O futebol muda muito rápido. Quando pensa que alguém não pode se levantar, se levanta. Pode acontecer tudo. Uma equipe conseguir pontos e se salvar. Disse que estava orgulhoso do que fizemos e temos que ter dignidade de lutar até o final. Estou convencido de que não vai cair. Ainda há seis pontos em disputa e temos que esperar os jogos das outras equipes. Vamos esperar os outros resultados.”

Agora o Vasco torce contra o Bahia, e na próxima rodada tem a obrigação de ganhar do Grêmio fora de casa para se manter na Série A. 

VAVEL Logo
Sobre o autor