Nesta quarta-feira (06), o Brasil volta a campo contra a seleção da Nicarágua, o time comandado por Arthur Elias vem de derrota para o Japão no último amistoso.

A derrota por 2 a 0 contra a seleção japonesa não era esperada por ninguém, mas a seleção brasileira ainda não engrenou nesse início de novo ciclo, sob o comando de Arthur Elias, o Brasil tem quatro amistosos disputados, duas vitórias e duas derrotas, uma vitória contra o Canadá e uma contra o Japão, as derrotas também foram para essas seleções.

O treinador valorizou a postura das atletas em campo na partida contra o Japão, e disse que o resultado não era de todo o mal por se tratar da seleção japonesa.

"Não estou preocupado com o que falam, estou preocupado com a evolução da seleção brasileira e isso está acontecendo nitidamente, as jogadoras estão jogando com confiança, entrega e entendendo os posicionamentos e as mudanças de função, claro que falta muito, mas de forma rápida, tive pouco tempo de treinar e estou muito satisfeito, pois enfrentamos a seleção japonesa que é base da que esteve na Copa. Elas foram uma das melhores da Copa e fizeram 4 a 0 na campeã do mundo, foram eliminadas na prorrogação, perdendo da Suécia que é uma grande seleção", disse o técnico.

Para enfrentar a Nicarágua, o treinador Arthur Elias terá 3 desfalques importantes, a goleira Luciana diagnosticada com covid, a zagueira Rafaelle e a meia Aline Millene ambas também testaram positivo para covid.

  • Possíveis escalações

BRASIL:
Lelê; Bruninha, Lauren, Yasmin; Gabi Portilho, Angelina, Duda e Adriana; Priscila, Geyse e Debinha
Técnico: Arthur Elias.

NICARÁGUA:
A definir
Técnico: Doriva Bueno